Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Água mole, pedra dura. Tanto bate até que fura.

Bom dia, amigos RL!
ajudem-me a classificar corretamente o texto abaixo, e estou deixando aberto a alteração no texto, aquele que achar que o texto fique melhor de outra forma, me passe via e-mail.

bjos.


             Tarde de natal. O dia sem graça! não há nada para fazer. Aproveito para dar um passeio, ir a alguma cachoeira qualquer, para libertar algo que está preso em mim, e não me deixa mais pensar, escrever, não posso perder isso. Quero fazer o que é bom.
Coloco-me a sentar em uma pedra à beira d´agua, fico a ouvir uma bela canção a ressoar, que a água em sua delicadeza e fragilidade ao confrontar com a rusticidade e dureza das pedras poe aos meus ouvidos. Uma linda canção afinada em Sol maior, com seus raios a refletir sobre a água, em contraste com os verdes das arvores, faz-se a mais fascinante paisagem, onde posso passar o dia inteiro sem ficar entediado.
Barth
Enviado por Barth em 28/12/2007
Reeditado em 07/01/2008
Código do texto: T794525

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (sempre que você usar um de meus textos, favor citar a origem do mesmo: BARTHD2... www.recantosdasletras.uol.com.br/autores/barth). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Barth
Apucarana - Paraná - Brasil, 35 anos
104 textos (29029 leituras)
3 áudios (1096 audições)
4 e-livros (313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/06/19 02:46)
Barth