Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O BECO

O Beco

Levo a vida, pensando no romper da madrugada...
Sentíndo uma dor danada...
A alma vazia...anda bêbada pelas ruas.
Embrenhada na escuridão da noite fria
Esperando um beco para encostar...
Neste amor alusivo, choro triste a dor
O abandono deste elo perdido...
Parte da relva não confessa minha tristeza...
Fica apenas nas artimanhas, o choro abafado!
Uma alegria perdida, apenas ilusões fazendo requerimento
Para viver uma linda paixão,
Tenho a calma nesta solidão.
Porque nada faz sentido,
A cada passo deixo vertígios.
De um passado que resiste em não passar,
Quero silêncio!
Para atender a minha vida fria,
Que nem vida existe mais.
Neste corpo em que um dia teve vida.
Fico escondido sentindo o perfume.
Deste beco sem saida!
Nem sei se o perfume é natural,
Se vem do beco!
Ou da minha vida!.

ivaneti




 
vitoria ivaneti
Enviado por vitoria ivaneti em 08/03/2007
Reeditado em 08/03/2007
Código do texto: T405535


Comentários

Sobre a autora
vitoria ivaneti
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 58 anos
76 textos (5626 leituras)
6 e-livros (320 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 21:40)
vitoria ivaneti