Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Superar a violência constituindo a paz.

Temos em nossas vidas um anseio incontrolável pela busca da paz, da vida com paz, de uma existência com paz, de um amor em paz , de um Deus de Paz e até mesmo de  uma morte em paz, mas o que seria paz , o que poderia nos dá esta paz tão desejada, como posso buscar esta em um mundo a onde não existe paz , em pessoas que se mutilam e se matam por falta de paz, em países que fazem guerras em busca da paz, que sandice fazer guerra violência para obter paz. Vejo no decorrer da história da humanidade o homem através das espadas, lanças ou de bombas, como a de Hiroxima tentando fazer paz com violência.
Na busca desenfreada por esta paz o homem se cansa, machuca-se e desvaneci sua procura, no observar de procuras infrutíferas pela paz ele não desiste, insiste e persiste nesta procura que não cessa, mas em olhar para este mundo cheio de guerras religiosas, de pessoas que não se respeitam e a onde o dom da sabedoria é desprezado pelos néscios que insistem  na procura da violência pela paz ou da violência pela violência este homem que se enche de esperança a procura desta paz fica sem esperança de procurar a paz longe de si mesmo e começa olhar para dentro de si.
E o homem sem esperança procura em si forças para viver e  ter um coração a onde superabundancie a paz, mas que paz é esta... que estará nascendo, crescendo e germinando num solo, que é o coração humano, dessecado pelo ardor e sequidão de um sol. do sol da tristeza, das dores, das mortes de seus sonhos frustrados. A paz que nasce neste coração teria de ser maior do que tudo que aparece de ruim e maléfico, e este homem nota que só poderia ter uma paz constituída e que superasse a violência de um mundo mergulhado nesta violência se ele fosse um homem de paz consigo mesmo.
Se cada um procurasse ter paz consigo mesmo o homem conseguiria ter paz com o seu semelhante indiferente de cor, credo, nacionalidade e sexo, e desta maneira o mundo iria conseguir superar a violência constituindo a paz.


Texto de Douglas Stemback.
Douglas Q Stemback
Enviado por Douglas Q Stemback em 08/08/2005
Código do texto: T41290
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Douglas Q Stemback
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 42 anos
478 textos (21062 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/07/20 23:59)
Douglas Q Stemback