Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

= Uma poesia... =

que gosto muito.
Tenho-a comigo faz muito, muito tempo.
Ganhei de uma professora, a Dona Beatriz,
lá nos meus tempos de colégio.
A mim sempre me foi muito útil,  pois sempre
me levou a refletir sobre minha vida e meu
tempo. Se estou fazendo valer ou se estou
apenas perdendo-o,  deixando-o feito areia,
escorrer pelos vãos dos meus dedos.
Divido-a contigo em forma de mensagem.
Com todo meu respeito e carinho,
meus sempre, fraternos e agradecidos,
Abraço e Beijo.
Beto {bp}
**********

Conta e Tempo
 
 Deus pede hoje estrita conta do meu tempo.
 E eu vou, do meu tempo dar-Lhe conta.
 Mas como dar, sem tempo, tanta conta.
 Eu, que gastei, sem conta, tanto tempo?

 Para ter minha conta feita a tempo
 O tempo me foi dado e não fiz conta.
 Não quis, tendo tempo fazer conta,
 Hoje quero fazer conta e não há tempo.

 Oh! vós, que tendes tempo sem ter conta,
 Não gasteis vosso tempo em passatempo.
 Cuidai, enquanto é tempo em vossa conta.

 Pois aqueles que sem conta gastam tempo,
 Quando o tempo chegar de prestar conta,
 Chorarão, como eu, o não ter tempo.
 
Frei Antonio das Chagas (1631-1682)
Enviado por BETO bp em 23/09/2015
Reeditado em 26/09/2015
Código do texto: T5391380
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
BETO bp
Jundiaí - São Paulo - Brasil
3528 textos (216871 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/21 14:44)
BETO bp