Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não há mistério

O ser humano é o animal mais fácil de se compreender, embora tenha mil nuances, mil faces, mil máscaras. Basta que se desvende apenas uma e todas as outras serão facilmente identificadas.
O erro no ser humano persiste; ele sempre comete os mesmos. Não tem o 'feeling' do animal que guarda em memória todos os perigos e, às vezes, mesmo num engodo simulado pelo humano, ele desvia porque sabe que aquilo fará mal.

Nos decepcionamos com o outro, não porque ele faça algo diferente do esperado, nós é que esperamos que ele faça diferente o que sempre fez. Ele não tem culpa da nossa decepção, nós é que tentamos mudar sua natureza. E ninguém muda a natureza de ninguém. Cada um age de acordo com seu caráter, seus medos, suas torturas internas; um homem que trai, irá trair sempre porque isso faz parte de quem ele é. Um homem que mente, irá mentir sempre porque a verdade é caminho que ele não conhece. Um homem que tem medo de amar, jamais irá se entregar porque ele teme a si mesmo, duvida de si mesmo. Um homem que engana, irá enganar sempre porque é seu jeito de existir. Se você descobriu essa face e tenta altera-la só irá sofrer porque nada pode modificar o outro, exceto ele mesmo.

O homem é o único predador que não caça para sobrevivência; caça por conveniência. Quem vê isso, sabe como a vida é fácil de ser desvendada.


http://versosprofanos.blogspot.com/
Maria Quitéria
Enviado por Maria Quitéria em 10/09/2007
Código do texto: T646175

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mquiteria). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Quitéria
São Paulo - São Paulo - Brasil
1098 textos (345126 leituras)
1 áudios (2465 audições)
4 e-livros (3954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 10:32)
Maria Quitéria