Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luz e Trevas

          Quem trabalha para a Luz não pode ter medo das Trevas, mas também não pode subestimá-las; porque a Luz alimenta a coragem, mas se apaga diante da arrogância.

          As Trevas, meus filhos, têm mais a ver com o interior de cada ser do que com o lado de fora. Iluminem o interior de vocês com a Luz que vem do Alto. Ela traz o Amor, a Humildade, a Coragem, a Caridade, o Respeito, a Fé e a Esperança. Deixem tudo isso penetrar o mental e o coração de vocês. Assim haverá mais Luz do que Trevas e um escudo poderoso se formará ao redor de cada um.

          E o escudo serve para quê, meus filhos? Serve para proteger do exterior. Porém, meus filhos, ele só é útil para quem se harmoniza por dentro. Não é fácil porque vocês pensam que são o centro do mundo e confundem o amor próprio (ego equilibrado) com o egoísmo (ego exagerado) e com o vitimismo (ego anulado). Todas as formas de vida e todos os elementos da Terra, visíveis e invisíveis, são centelhas do Grande Criador. Isso vocês ainda não aprenderam por completo.

          Por que não se pode acabar com as Trevas? Simples, meus filhos, muito simples. Mesmo que elas não aceitem, as Trevas trabalham para a Luz. Quando vocês não aprendem pelo amor e pela consciência, a Luz joga vocês no que há de mais escuro de cada um para que, pela dor da matéria e do espírito, vocês possam acordar para o real sentido da vida, que é amar o próximo como a si mesmo. Claro que não é fácil. Só que a Luz é paciente e faz a gente voltar quantas vezes for preciso para aprender a lição.

          A Luz, meus filhos, não trabalha com individualismos, pois sabe que as Trevas são inteligentes. A Luz alimenta os pontos fortes de cada um enquanto as Trevas procuram atingir os pontos fracos. Só nega esse fato quem já foi dominado pelas Trevas e se acha o mais poderoso ou se acha indigno da Luz. Saibam seus pontos fracos para poder reconhecê-los, dominá-los e não cair nas armadilhas dos seres das Trevas.

          Tem dois mitos aí da Terra que vocês conhecem como Narciso e Ícaro. Um se afogou na fonte do próprio egocentrismo e o outro caiu porque foi além dos limites que podia atingir. Não sejam tolos a esse ponto. Ninguém se basta para tudo e ninguém vai muito longe sozinho. Da mesma forma, meus filhos, ninguém sobrevive muito tempo ajudando os outros e esquecendo de si.

          Por falar nisso, meus filhos, vocês muitas vezes têm uma ânsia de querer ajudar, de querer curar os outros, não é mesmo? Não se abatam quando não conseguirem. A ajuda, a cura e a salvação só são eficazes quando quem precisa realmente as quer e merece de acordo com a Lei Divina; do contrário é desperdício de energia. Então acalmem o coração e nunca se esqueçam da Lei do Livre Arbítrio e da Lei do Retorno.
Ajudem a quem precisa e quer, mas a dor e a cruz que o outro carrega só pertence a ele. Vocês podem suavizar o caminho e caminhada, mas não devem pôr nas costas um peso que não lhes pertence.
          Fiquem na Paz e na Luz do Pai Maior.

Pai Cipriano do Cruzeiro
01 e 03-03-2019
By Cícero Carlos Lopes
Cícero Carlos Lopes
Enviado por Cícero Carlos Lopes em 03/03/2019
Código do texto: T6588777
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cícero Carlos Lopes
Ferraz de Vasconcelos - São Paulo - Brasil, 43 anos
367 textos (6178 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/07/19 15:35)
Cícero Carlos Lopes