Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOJE ENTÃO VAMOS OUVIR A LEITURA DA CARTA DE AMOR DO ESPIRITO ''HELENA NIELSSON''

               POR ONDE ESTIVE ANDANDO.
               DENTRO DESTAS NOITES ETERNAS JÁ NÃO IMPORTAM,
DEPOIS DE TANTAS VOLTAS AS PORTAS SE ABRIRAM E NADA FALARAM NESTE TEMPO DE ESPERA,
NEGRO FORAM TAIS MOMENTOS EM QUE NÃO SABIA SE MORRIA A CADA DIA.

             DOENTE MEUS SENTIDOS VAGARAM COMO FANTASMAS SANGRANDO EM SUAS MADRUGDAS,
SEI QUE NÃO QUERES ACREDITAR QUE ARRANHEI AS DOBRADIÇAS E DEIXEI AS PORTAS ENPERRADAS.

                   E COMO POSSO AFIRMAR QUE TROPESSOU ANDANDO EM CIRCULOS POR A VELHA SALA,
OLHA, ESTAR REGANDO AS PLANTAS MUITAS VEZES AO DIA E NÃO ME AGRADAM SE AFOGAS,
E É TÃO PESADO O TER DE CARREGAR TODA ESSAS DROGAS.
DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 07/10/2007
Reeditado em 04/08/2009
Código do texto: T684256

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11183 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 07:07)
DIEGO HUXLEY