Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma lição dos menos favorecidos.


Em  Santos , uma vez ou outra   ,  baixa - anexado - nas configurações- viciadas- do meu eu , um  sentimento  bastante  adequado que  clareia as   ideias  .  Diferente daquele sentimento de  quando nos fechamos' elitizados'  na nossa  ' bola   , supostamente  , colorida ' .

Aqui, em algum  pedaço de praia mais  popular,   a maioria de  pessoas simples,  penso que   envolta em problemas (como nós todos)  -   seja por  falta  de grana  ( o que mais se nota ) ,  seja o que for...mas também se   vê  força , a tentativa de se divertir :   estão em grupos,   em família  com crianças ou amigos    e   é bonito !

Conversam, riem,  se divertem    .   Não se camuflam escondidas  em  sua dor, como fazem  alguns mais  abastados, nos seus cantos confortáveis,  ruminando  suas faltas  envoltos em lençóis de seda  ,com   ar condicionado, a geladeira cheia .  Com várias   opções boas  no dia a dia,  fica-se ali sofrendo  num sem fim   mais ou menos  denso.
 
Eles , não !   Acostumados  a várias  carências  mostram a  sua  força   ; estão  na   praia  ,   procuram  superação. A despeito  da  falta  e   de alguns  sacrifícios para chegarem aqui,  vivem   !   Alguns chegam de bus, com  sacolas, coller  - economizam  trazendo  alimentos de casa.  E chegam com   satisfação e alegria. `As vezes  ,  olho com mais atenção para  um e outra   e    noto  alguma coisa que não  alcanço, sentados  no calçadão  depois da praia,  absortos  em algum pensamento obscuro,  esperando sua condução os levarem de volta   à  sua rotina.  Mas lavaram a alma  no mar,   se reergueram  dos seus   problemas   ou tentaram .  E´  essa  energia que sinto  que  conto agora.   Que sempre vi mas nunca mencionei. É esse  sentir  ...que a vida continua apesar dos pesares.  Esconder-se,  amuado  na  mesmice  das  mágoas ,  do     não     perdão  ,    na    insensatez de   achar  que   o    outro  é o  mais errado , é deixar o coração endurecer.   É   ruim   , é  dos   sem- Deus...  É    dos    que   ruminam a dor .   É do escuro... Mais impressionante ainda é  vermos  isso  em  algumas almas  q parecem  especiais    ,  falando em Deus todos os  dias.    Levam por dentro  essa cor  que destrói  .Não foi para isso que viemos neste mundo.    Para  magoar   e  não   superar  os   sentimentos    piores... primários.
É para  se clarear,   Cacilda!    Só acho.

Tome# seu #tranquilizante# e# volte# pra# cama  (e seja infeliz).
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
* Olhar  e ver o mundo também nos dá a dimensão exata do que somos, fomos  ou queremos ser.

''A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original'' A. Einstein

--------------------------------------------------------
*Só nao vou mencionar a sujeira que deixam na praia. Hoje, nao.
luferretti
Enviado por luferretti em 28/09/2020
Reeditado em 28/09/2020
Código do texto: T7074405
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
luferretti
Limeira - São Paulo - Brasil
385 textos (14254 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/05/21 03:06)
luferretti