Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos Leitores dos Poemeus

Leia
cada um dos escritos dessa Escrivaninha de forma compulsiva, assim como emprego a compulsividade para compôr. Muitos poemeus saem como um cuspe da boca em direção aos olhos para embassar as vistas e deixar a leitura turva.

Veja
meus poemas como uma tarde nublada, um crepúsculo ou o amanhecer de inverno em uma montanha.

Capte
o cheiro e o gosto de cada verso livre freneticamente até sentir a pele molhar com as gotículas do orvalho de minha transpiração a escorrer depois do árduo trabalho de abastecer as palavras pesadas como um avião com o combustível da poesia e soltá-las em sua aerodinâmica de dança.

Voem poemeus densos e suaves até o alto de suas cabeças.
Brenda Marques Pena
Enviado por Brenda Marques Pena em 13/11/2007
Reeditado em 13/11/2007
Código do texto: T735639
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Brenda Marques Pena
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 36 anos
267 textos (18451 leituras)
2 áudios (268 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 11:17)
Brenda Marques Pena