Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



VEM AMIGO,PARA MEU ABRIGO






Ver-te perambular
Sem eira nem beira
Me põe a chorar
Porque só desces a ladeira

Já precisei de ti
e me acudiste
Não perguntaste
Não julgaste

Agora, é a minha vez
Venha para o meu abrigo
que te consolará, talvez
Venha te aliviar , meu amigo

ÂNIMO, FORÇA E FÉ
SÃO COISAS QUE DEVES TER,
Não joga assim, teu boné
Ficando a falar, em morrer

Lutar pela vida é dever
Vivê-la intensamente é do ser
Venha, que transformaremos esse padecer
Em dias melhores a florescer....






Para todos os amigos neste dia, aos que sofrem e precisam de uma mão amiga...







Malubarni
Enviado por Malubarni em 20/07/2006
Código do texto: T197882


Comentários

Sobre a autora
Malubarni
Vila Nova De Gaia - Porto - Portugal
595 textos (138037 leituras)
2 áudios (289 audições)
3 e-livros (408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/03/21 02:59)
Malubarni