Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pra você

A paz, que é fruto da justiça
O amor, que é a gratuidade
A verdade, a melhor amiga
A alegria, filha da bondade

Pra você ao menos um desafeto
Pra não inflar como uma deusa
Senso crítico entre o ser e o ter
Encontro bom, vida benfazeja

O teto, pra ser um referencial
O amigo, pra sentir e pertencer
Um amor, pra evitar-lhe o mal
E bons sonhos, feito o bem viver

Informação, contra a indiferença
Conhecimento, pra se desenvolver
Coragem, pra renovar sua crença
E a sabedoria, pra saber perder

Um trabalho, pra ganhar seu pão
Encanto pela vida, sem esmorecer
Lazer e ócio, como fruir e doação
Humildade à farta, pra saber vencer

O filho, pra se sentir no mundo
O livro, pra plantar seus ideais
Espírito claro, reto e profundo
A árvore boa, pra sorrir a paz

Se assim passar pela existência
Você terá tido o seu quinhão
Não terá sido mais uma apenas
Tê-la-ão por digna, respeita-la-ão
Wilson Correia
Enviado por Wilson Correia em 18/10/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T698906

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilson Correia
Amargosa - Bahia - Brasil
1192 textos (550674 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 18:01)
Wilson Correia