Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amigo

Boa noite, amigo!
Se assim posso dizer.
Neste instante me reporto,
Para algo confidenciar.

O tempo passou...
Não sei dizer o quanto foi,
Só sei que a saudade;
Bateu forte e doeu.

Ondes estas agora?
Penso e acho que sei,
Pois, sendo quem és,
Fazendo o que admirei.

Trajando seu uniforme.
Sempre elegante, com nervuras,
Brancas, azuis, que ela escolheu,
Com um sorriso acalenta sonhos.
 
Distribuindo nos quartos que passava,
Esperança, alegrias infindas.
Sou mãe que com alegria,
Relembro esses momentos, tão meus.

Na alegria, sorrisos, na dor ou tristeza,
Agradeço com muito carinho,
Porque hoje, minha filha caminha.
Nos quartos, como você, dando carinho.

Com os olhos cheios de amor,
Valeu a pena pra mim; Doutor!
Meu colo, desta vez, não saiu vazio,
A familia cirúrgica no dia se reuniu.

Deus nos fez vitoriosos,
Vocês e eu, tenho amor e o dou,
Ao instrumento de amor e paz.
Finalidade que ele lhe delegou.

Obrigada! dr. Shizuvo Yamada

                          cilene


Cilene de Castro Dano
Enviado por Cilene de Castro Dano em 09/11/2007
Código do texto: T730094
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cilene de Castro Dano
Presidente Prudente - São Paulo - Brasil, 75 anos
93 textos (5185 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 08:27)