Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Digitalização (Beijo dela, letra dela)

*** José Aprígio da Silva.

(Por Ivone Luiza da Silva.)
Declaração de Amor **
 
O meu coração bate forte por você!!!
Quando estou com você o meu coração dispara... Mas quando estou sem você ele pára.
Nunca me lembrarei de te esquecer
Nunca me esquecerei de me lembrar
Eu te amo... Te amo... Te amo... Te amo... Te amo...
Se algum dia a tristeza vier em seu olhar, deixe brotar dos olhos uma lágrima, da boca um sorriso e do coração uma prece, os covardes não choram, mas, sim os que não amam, não têm medo de chorar.
O homem não deixa de viver, quando morre, mas, sim quando deixam de amar.
Nunca deixe de me amar, tá Aprígio, porque eu te amo.
 
De Ivone Luiza da Silva.
20/07/1999.
 
 
     Muitas das vezes nós temos o hábito de guardar coisas que em nossas vidas são importantes pra nós, essa declaração eu achei guardada em meus muitos papéis. Eu estou fazendo uma limpa em muitos papéis, contas de água, de luz, carnes velhos, coisas que já perderam a importância têm coisas com mais de 05, 10, 15, algumas com mais de 20 anos. Acredito que ainda acharei algumas poesias ainda esperando por terminar.
 
José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos.”
Stenius Porto.
Ceilândia/DF.
Sexta-feira, 28 de novembro de 2014 – 22:49.
IVONE LUIZA DA SILVA.
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 03/12/2014
Reeditado em 06/12/2014
Código do texto: T5057919
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1920 textos (183056 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/04/21 11:04)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA