Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conversando com assistência


Será que eu não estaria recebendo surras de espíritos?
Primeiramente cabe um esclarecimento "Espíritos de Luz não interferem no nosso livre arbítrio. Espíritos de Luz nos intuem, nos amparando nossa evolução em nossa longa caminhada. Auxiliam nos na chamada "Lei do progresso". Espíritos de Luz não fecham caminhos muito pelo contrário, observe nos trabalhos dos nossos queridos boiadeiros. São grandes mentores e abridores de porteira que significa abertura de caminhos."
Na senda do progresso existe o que muitos ignoram inclusive eu a anos a trás "a lei do retorno" nessa ou em outra vida nos deparamos aos princípios básicos e um deles é a Lei do retorno. Fatalmente colheremos aquilo que plantamos um dia.
O que Jesus o Cristo colocou como se fosse mais um nos 10 mandamentos todos eles em um só. "Ensinou-nos Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Mateus, 22.37-39.
Não […] se pode verdadeiramente amar a Deus sem amar o próximo, nem amar o próximo sem amar a Deus. Logo, tudo o que se faça contra o próximo o mesmo é que fazê-lo contra Deus. Allan Kardec: O Evangelho segundo o Espiritismo, Capítulo 15, item 5."
Nessas duas máximas Jesus traduziu em palavras a maior de todos os ensinamentos e vontades de nosso PAI maior. Observe que quando nossa parte material está em desacordo, desalinho a nossas realidades, busquemos a verdade essa a grande vontade de DEUS.
Somos merecedores do que ocorre conosco?
Cabe sempre essa reflexão. Lembrando que "Semelhante atrai semelhante"  ou seja a espiritualidade do alto, espíritos elevados não atrapalham em nosso livre arbítrio assim como não o fazem em nossas escolhas. O que pode ocorrer é simplesmente “se afastam”, e nesse momento espíritos malfazejos acabam se aproximando. Os semelhantes se atraem. Façamos sempre no nosso mais íntimo momento de reflexão. Se as coisas não estão dando certo.
Não precisamos talvez pararmos e nos vigiar? Uma das máximas do espiritismo. "Orai e vigiai". Vigiai para que espíritos maldosos não se aproximem de nós por afinidade. Ou seja de coisas que podemos estar fazendo que os atraía. Cortando o mal que há em nós automaticamente perdem forças e se afastam. Aí vem uma pergunta intrigante. Mas não posso estar sobre influência por alguém colocar olho nos meus negócios ou pior alguém possa ter colocado algo em meu caminho para me prejudicar? E a resposta é sim. Temos muitas brechas que ainda não foram fechadas. Uma vez que observarmos com muito critério nosso dia a dia, fatalmente descobriremos tais brechas. Lembrando sempre o "Orai e vigiai"...
Mas se estivéssemos no concurso diário na senda do bem maior essa brecha já estaria muito menor e pouco nos abalaria.
Finalizando não existem surras de espíritos o que há são nossos deslizes em nossa longa e árdua caminhada.
O fato de se enfeitar o chefe do terreiro tem toda razão. Observe as pombo giras. Observe principalmente nos Exus mostrando justamente isso. O bem vestir, o chamado bem apessoado não é sinônimo de promiscuidade ou digamos desnecessário, supérfluo. "Eles e Elas são da linha mais próxima de nossa vivência. Já li algo um dia sobre isso. Por que tanto luxo se são espíritos de luz? Mostram ali que tiveram inúmeras batalhas e na grande maioria venceram a favor do bem .
É a Vitória do bem sobre o mau. Sempre observe a grandeza de cada linha e passará entender mais e mais sobre esses guias maravilhosos. Podemos receber nossos amados guias desde roupas extremamente simples " farda branca de pano de saco" dos queridos Pretos Velhos e linhas como a da esquerda que gostam de ouro, muito brilho, que mostram que podemos tudo.
Mas...essa palavrinha eu amo de paixão mas somos responsáveis por nossa ações, palavras, pensamentos e omissões também. Ofereceremos ao nosso próximo todo brilho do ouro em nossas sintonias e vibrações e toda nossa humildade em forma de nossos roupas simples e rotas de pano de sacos de farinha, oferecendo como exemplo do bem maior.
Já ouvi também de entidades ou guia o que achar melhor. Que surra feita "espíritos do mal" sempre faziam e tentavam de tudo para atrapalhar a vida de certa pessoa. Muito humilde e simples mas com o coração todo voltado para caridade em extremos foi percebido várias vezes ele distribuir seu único alimento a quem tinha fome, deixando de comer talvez a única refeição do dia. Outra na passagem do óbulo da viúva que deu suas economias suas últimas e únicas 3 moedas enquanto um rico dono de armazém doava parte de seus ganhos e nem afetava sua riqueza. Qual teria mais valor à espiritualidade? O que contém essas pequenas histórias?
" amai a teu próximo com toda a sua força e todos os dias" Quem verdadeiramente ama teu próximo realmente ama a Deus.

Trechos da mensagem recebida – um espírito amigo
Roberto F Storti e Trechos da mensagem recebida – um espírito amigo
Enviado por Roberto F Storti em 26/08/2019
Código do texto: T6729767
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto F Storti
Araçatuba - São Paulo - Brasil, 62 anos
628 textos (36923 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 18:20)
Roberto F Storti