Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AVISO DO CORAÇÃO




Intrépido coração cansou!
Sussurrou baixinho:
Deixa-me, deixa-me quieto, moça...
Tem dó!
De iguarias a patifarias provei,
galopei, fomentei, dei ...
Findo o dia, retiro-me!
Antes porém, aviso-te:
Sou etéreo como a água,
mas não sou eterno!
Usa de complacência,
com este pobre coração...
Benevolência é me entregar,
para quem saiba bem cuidar!
E enquanto não aprende a lição,
não bato mais,
na cadência nobre da paixão!



11/11/07



Silvana Cervantes
Enviado por Silvana Cervantes em 11/11/2007
Código do texto: T733456
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvana Cervantes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
404 textos (36724 leituras)
5 áudios (2203 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 06:10)
Silvana Cervantes