Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INDIFERENÇA.

    Ouça esses versos que fiz.
    São tristes feitos a ti,
    Saidos de lábios que recusas, mas não diz,
    do seu sentimento, guardado para si.

    Lábios sedentos de desejos,
    ignorados pela tua indiferença,
    desconhecendo a ardência de meus beijos,
    dessa alma ansiosa pela tua presença.

    Como podes deixar
    um amor assim?
    Solitário, desprezado a naufragar?
    O mar da desilusão, se apodera de mim.

    Não entendo essa sua indiferença.
    Se almas já se juntaram,
    não mates a esperança
    de bocas, mãos, abraços se apertarem.

     Não enterres esse amor,
     no cemitério dos esquecidos,
     dos desiludidos.
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 10/01/2018
Reeditado em 10/01/2018
Código do texto: T6222049
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Felix Chaves
Palmas - Tocantins - Brasil
274 textos (14386 leituras)
19 áudios (512 audições)
2 e-livros (253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/04/21 05:47)
Felix Chaves

Site do Escritor