Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                              Cinco estrêlas que choram

As flores ,o perfume ,o lago AZUL...
Todos rimam e compoem o mundo
Ingrato bestial e as vezes imundo..
Faz-nos corar de vergonha pelo singelo apelo do CRUZEIRO DO SUL.
Existe um rumo,um polo magnético para navegar
Mas a humanidade míope ,agnóstica ,insiste em não enxergar.
São cinco estrelas que guiaram os antigos ,a conquistas eternas ,épicas de alem mar.
Dominando a tecnologia do átomo somos reféns do insucesso
diplomático.
Mesquinho,interresseiro ,parcial das grandes potências , ditam seus própios princípios ...
sem se preocupar com os bilhões de famintos ,que morrem na miséria e na fome incontida ; com queda vertiginosa nos precipícios da dor...

Onde está a OEA , ONU que cinicamente inoperantes ,jogam a culpa
no mais fraco?
Mas o mundo não é nenhum IMBECIL..Percebe as manobras das grandes riquezas com choco pato
Como abutres mordem as entranhas ,devoram os cadáveres humanos como rapinas ,numa tristeza do luto prêto ao AZUL ANIL.

Rubens
Rubens Oliveira
Enviado por Rubens Oliveira em 26/08/2007
Reeditado em 13/09/2007
Código do texto: T624532

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.rubensjoseoliveira.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rubens Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
195 textos (19215 leituras)
17 áudios (2759 audições)
21 e-livros (1394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 02:47)
Rubens Oliveira