Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTINHA PARA A MÃE


Este fato aconteceu quando eu cursava o terceiro ano em uma pequenina cidade.
O dia das mães estava próximo e a
escola resolveu homenagear o dia das mães fazendo uma festa.
  Na comemoração foi feita uma gincana estudantil, onde os alunos poderiam criar alguma coisa para ser apresentado no dia poderia ser música, poesia, discurso, qualquer coisa que os alunos fossem capazes de criar. Eu tinha nove anos e já gostava de escrever.
No dia da festa tudo seria apresentado em um palco no centro da cidade na praça principal.
Fomos cinco alunas e um aluno a criar alguma coisa, Lembro-me que uma das alunas do quarto ano havia perdido a mãe  três meses atrás. Ela compôs uma música para homenagear a mãe já falecida.
    Eu tinha certeza que ela ganharia o primeiro lugar.
    Havia ainda um menino que a mãe faleceu ao dar a luz no dia que ele nasceu.
     Este garoto fez uma cesta de bambu e encheu com pertences e lembranças dela, colocou um buquê de rosas e fez um discurso com fundo musical... Foi aplaudido intensamente!
Eu havia escrito uma cartinha, e já me considerava derrotada.
A premiação era até o terceiro colocado eu imaginava que desta vez ficaria de fora.
      Fui a última a subir no palco... Meu coração estava acelerado minhas pernas tremiam.
Eu subi e olhei para o público que por conta da ocasião estava todos alí a praça estava lotada.
    Quando anunciaram o meu nome é disseram que eu leria uma carta de minha autoria, apenas meus pais me aplaudiram.
   Respirei fundo e fingi que não havia ninguém ali, então comecei a ler a cartinha que eu havia levado uma semana escrevendo.
O silêncio era absurdo...A surpresa da minha mãe era visível enquanto ouvia, ela nem sabia que eu iria apresentar...havia mantido segredo até o exato momento.
    Leiam na íntegra a cartinha que até hoje sei de cor, ainda me emociono quando lembro do sentimento que emanava de mim enquanto escrevia.
E por incrível que pareça eu ganhei o primeiro lugar, o prêmio foi o meu primeiro livro "O pequeno príncipe" e um buquê de rosas para entregar para a minha mãe.
O segundo prêmio ficou para a moça que fez a música. Ela ganhou um buquê, é uma caixa de doces.
O garoto ganhou um buquê que ofereceu a avó por tê-lo criado.

CARTINHA PARA A MÃE
Minha querida mãezinha
É de todo coração que te escrevo esta cartinha pedindo antes perdão.
Noutro dia eu curiosa a sua gaveta abri, e em uma caixinha rosa vejam o que descobri
   Um pé só de sapatinho e um lindo babador tudo bem perfumadinho guardado com muito amor.
   Até mesmo uma camisinha a primeira que usei, lá no fundo da caixinha bem dobradinha encontrei.
E esta primeira cartinha que eu escrevo devagar é para você mamãezinha na sua caixinha guardar.

Da sua filha com amor.


Pérola Guimarães
Enviado por Pérola Guimarães em 20/03/2019
Código do texto: T6602415
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pérola Guimarães
Caldas Novas - Goiás - Brasil
60 textos (1793 leituras)
2 e-livros (31 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/05/19 12:05)
Pérola Guimarães