Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Liberdade

Liberdade !!!

Pois é, hoje posso dizer que sou livre.

Não essa “liberdade” camuflada pela conveniência alheia, com títulos variados e insuficientes para exprimir a verdadeira liberdade.
Sou livre, porque a maneira como as outras pessoas me tratam não reflete no meu humor, muito menos na minha maneira de agir com elas. Não! Eu não sou simplesmente o reflexo de palavras e críticas alheias.
Sou livre, porque não preciso de festas, nem bebidas, nem beijos, nem promessas, nem antidepressivos para ser feliz. Minha busca não é pelo que há lá fora, minha alegria está aqui dentro. Sim, por mais que me faltem motivos para sorrir, por mais que as lágrimas insistam em cair, eu sei sorrir, eu sei ver além, eu sei esperar. E isso faz de mim, alguém feliz.
Sou livre, porque não necessito ser amada para amar alguém. Não preciso ser amada para ter auto-estima, não preciso ser elogiada para crer nas minhas virtudes. O amor de Deus me basta para amar a quem quer que seja, a amar-me e alegra-me com a dádiva de receber um amor tão puro, bom, e imensurável.
Sou livre, porque o dinheiro não me toma rugas e noites em claro, porque a posição social não distingue a meus olhos, ninguém. Sim, não sou escrava do que tenho, do que gostaria de ter, ou do que não posso ter. Porque a minha riqueza tem fontes maiores, melhores e eternas.
Sou livre, porque já não me olho ao espelho com tristeza e reclamações, presa a convenções de belezas estipuladas por homens imperfeitos.
Sou livre, porque já não me culpo pelas minhas falhas, nem me martirizo pelos meus pensamentos inconstantes, meus medos e receios. Mas tudo quanto se passa em meu coração, apresento ao Senhor, e purificada pelo seu perdão, volto ao seu reto caminho.
Sou livre, não presa a um carro que pode me levar aonde eu quiser, mas pela fé, que remove montanhas, e me dá passagem para ir além.
Sou livre, porque os meus sonhos não se limitam ao “impossível”, nem a julgamentos e posições alheias, nem pelo que minha visão (mui limitada) pode ver. Mas vislumbrada pelo que, com fé, determinação e ousadia, posso conquistar.
Sou livre, porque a rejeição de meus pais, amigos, familiares, já não imputam em mim angústia, culpa, amargura ou auto-piedade. Não! Sou livre porque eu escolhi perdoar seus erros, porque resolvi crescer em cada crítica, porque eu decidi ser feliz.
Sou livre, para dizer NÃO para o que não é certo, ao invés de seguir padrões corruptos somente para ser “igual a todo mundo”.
Sim, sou livre.

E talvez você se pergunte (quem sabe até com tom irônico ou de descrédito):
 Mas qual é o preço da sua liberdade?
Então ( confesso!) me envergonharei. E direi então: Não fui capaz de pagar esse preço, por ser muito caro.
Mas há alguém que, me amou de tal forma inexplicável que se dispôs a pagar esse inimaginável preço. Renunciando sua vergonha, sua dignidade, sua majestade, sua família, seus amigos, seu sangue, sua vida....entregou tudo numa cruz para que eu pudesse ser livre. Isso mesmo, cravado com pregos naquela cruz, ele carregou a minha tristeza, minha angústia, meus medos, meus pecados, minhas dores, meu “impossível”, para que eu fosse livre.
Então, quem sabe,  com um suspiro tímido e um tanto quanto desconfiado, você venha a me perguntar, mas como teu coração se alegra em saber que o preço da sua liberdade foi a vida de alguém?
Então, não mais envergonhada, eu direi: Porque ao terceiro dia, Ele ressuscitou, e VIVE á destra do Pai, para que eu possa amá-lo e glorificá-lo todos os dias de minha vida.
Se nome: Jesus Cristo.
O nome da minha liberdade!
Obrigado meu Senhor, por esse amor!!!









Isis
Enviado por Isis em 23/10/2007
Código do texto: T706414
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Isis
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
25 textos (1014 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 09:27)