Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Folha Seca de Ruminante

               Deitado sobre a cama de barriga para cima, mirando o teto do quarto e perguntando a ele, o que houve, qual foi o motivo da desavença, para o mundo estar como está; ou melhor, desabando em ruínas lá fora.
         Faz alguns dias que estou nessa ressaca de sentimentos e não obtive resposta para a pergunta que masco dia e noite, feito ruminante. A continuar assim, estou pensando seriamente em reformar a casa, iniciando pela troca do teto do meu quarto; ou largar tudo e sair à procura de um pasto de folhas verdes. Devem ser mais nutritivas e saborosas.
    Ficar parado, deitado estático, olhando para o teto de barriga para cima, mascando folha seca, é condenável. Mas, quem sempre levou esse estilo de vida, como sobreviver em um mundo atribulado, com o pavio aceso e portanto, propenso à explosão iminente da carga de dinamite?
         Seja como for, alguma coisa tem que ser feita; cometer suícido que não vou. Bem, mas nós humanos somos vulneráveis a mutação de pensamento, a qual estamos submetidos e tomamos decisões precipitadas, em razão delas: pá, pá, pá!
                                         Fim!
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 08/05/2019
Reeditado em 08/05/2019
Código do texto: T6641871
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
2257 textos (52106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 08:36)
Mutável Gambiarreiro