Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MI - UMA GAROTA MUITO ESPECIAL (DOZE ANOS DEPOIS) - PARTE 27


                             MI – UMA GAROTA MUITO ESPECIAL
                                                 PARTE XXVII

                                        Cláudio sorri triste, pelo absurdo do pedido, mas tenta consolá-la.
- Eu até que vou fazer isso...
   Mônica olha para ele surpresa.
- O quê?
- Eu vou voltar... mas não pra você. Eu já falei isso pra nossa menina, mas não expliquei tudo. Vou tentar dizer pra você de um jeito que você entenda que tem que seguir sua vida... sem mim.    
- Do que você está falando?
- Eu vou ter que parar de aparecer pra ela, depois que ela fizer treze anos porque eu vou... voltar a viver com vocês, na nossa família de novo.
  Mônica sente o coração parecer que vai explodir.
- Como?
- Eu tenho que terminar o que eu não terminei com meu pai. Preciso voltar para continuar ajudando ele e meu irmão a se entenderem. Eu quase consegui da outra vez, mas ainda falta alguma coisa. Eles ainda precisam da minha ajuda.
- E como você... vai fazer isso?
- A Diana vai se casar...
- Quê?! Mas isso... é maravilhoso! Eu pensei que esse namoro fosse só passa tempo dela. A Diana é tão desligada dessas coisas.
- Ela ama o rapaz de verdade e vai ficar com ele... e eu vou ser o filho dela.
- Meu Deus! - ela diz, sorrindo. – Você vai ser... filho da Diana?
- A minha relação com ela vem de muito tempo. Eu a amo demais.
- Eu sentia isso. O amor entre vocês era muito bonito.
- Junto dela, eu vou tentar resolver esse impasse que há entre meu irmão e o seo Leonardo.
- E vai ser sobrinho do Wagner...
  Cláudio sorri.
- Pra você ver que tem carmas que a gente não consegue evitar. Nem ele nem eu. Mas o carma deles é mais complicado. Vou tentar ajudar.
   Mônica ri.
- A Maria Cecília disse que ele está passando por um problema, mas não quis me contar. Você não deixou.
- Não é que eu não deixei. É um problema que só ele pode resolver. Não cabe a mim interferir.
- Eu posso ajudar?
- Não... Repito: só ele pode resolver. Mas vai ficar tudo bem, vai demorar um pouquinho, mas tudo vai dar certo no final, se ele fizer a coisa certa e eu já percebi que ele está no caminho certo. O que você tem que fazer agora é se preocupar com você. Tentar ser feliz... sem mim...
- Eu posso... me recusar a fazer isso? Não me vejo olhando para outro homem como olhei pra você.
- Pode se recusar. Você tem seu livre arbítrio e eu não estou aqui pra obrigar você a fazer nada, como nunca estive, mesmo quando estava aí com você. A gente tem sempre que tentar ser feliz e fazer os outros felizes. A sua felicidade é a minha, mas... por mais estranho que possa parecer, você pensar em mim todo tempo... não está me fazendo feliz mais, se você não pensar em você.
   Ela fica pensativa e baixa os olhos.
- Alguma dúvida? - ele pergunta com um sorriso sereno.
   Ela ergue o rosto e sorri também, deleitando-se com o sorriso dele.
- Eu não acredito que estou diante de você. Tão perto... e não posso te beijar, como antes.
- Um beijo é muito menos importante que o sentimento que une a gente. Que tudo que a gente viveu. Tudo que a gente construiu. Tudo que a gente fez. Sinta o meu beijo sempre que nossa filha te beijar. Eu estou nele.
- Você sabe do que eu estou falando...
- Sei... - ele diz com um longo suspiro. – Mas eu vou te deixar mais tranquila... Quando você acordar... não vai se lembrar de nada disso.
- Acordar? Mas eu estou acordada.
- Você está viva, como eu, mas não está acordada.
- Como não?
- Eu agradeço a Deus por ter estado aqui com você. Também tenho saudade... de tudo. Mas você não vai se lembrar de nada amanhã.
- Não... Eu não quero me esquecer disso, ela diz, começando a chorar.
- Eu te amo...


           MI - UMA GAROTA MUITO ESPECIAL (DOZE ANOS DEPOIS...)
                                              PARTE 27

                                    OBRIGADA! BOM DIA!
                             DEUS ABENÇOE A TODOS NÓS!

Velucy
Enviado por Velucy em 10/08/2018
Código do texto: T6414796
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Velucy
São Paulo - São Paulo - Brasil
1118 textos (4829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/18 04:19)