Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMANDA VII - A VOLTA DE RITA XII - PARTE 1

                                       I – A VOLTA DE RITA

                     Na manhã seguinte, Amanda acordou e não viu Marco na cama. Procurou por ele pela casa inteira e foi encontrá-lo no estúdio, sentado diante do computador. Ela se aproximou dele e o abraçou pelas costas, beijando seu rosto. Marco pegou a mão dela e a beijou. Ele estava vendo no computador fotos antigas dela como modelo da RR e de várias capas de revistas que Amanda tinha feito em toda sua carreira.
- O que você está fazendo? - ela perguntou.
- Eu estou namorando minha mulher.
- Sua mulher estava na cama, dormindo sozinha.
- Eu não quis te acordar. O dia de ontem foi estressante demais. Você tinha que descansar. Perdão...
- Você também tinha que descansar.
   Ela a fez sentar-se em seu colo e continuaram assistindo às fotos.
- Eu vou até a clínica do Schuster, hoje, ele disse.
- Verdade?
- É...
- Fico muito feliz... ela disse, beijando sua testa.
   Depois de várias fotos dela, na sequência, viram fotos dele também, como modelo da RR e no curto período em que modelou na A M Bueno, dele e dela juntos no comercial antigo da Bunny’s e Amanda falou:
- Eles formam um lindo casal...
   Marco apenas sorriu e respirou levemente, apertando a mão dela. Em seguida as fotos eram de Mariana, quando bebê e com várias idades.
- Acho que ela já foi mais fotografada do que eu, na idade dela, falou Marco.
- Ela é modelo, não pode competir com você.
   Marco sorriu novamente, deslizando a mão pelo braço dela.
   As fotos dos gêmeos vieram em seguida. Havia fotos de Amanda grávida e depois do parto dela em noventa e um e das crianças quando bebês. Amanda olhou para ele e percebeu uma lágrima rolando no rosto de Marco. Mas ele não olhou para ela. Ela aproximou sua boca da dele devagar e o beijou longamente.
- Eu contei pra eles sobre o bebê...
- Fez bem. E aí...?
- Amaram.
- Quero ver a cara do meu pai, domingo.
   Ficaram em silêncio de novo até que as fotos acabaram. Marco desligou o computador e abraçou-se a ela, fechando os olhos.
- Está na hora de acordar as crianças... ele disse.
   Nisso, Luís Felipe entrou no estúdio e aproximou-se dos dois, coçando os olhos.
- Estou vendo que ele já tem reloginho biológico igual a mim, disse Marco. – Bom dia, filho.
- Bom dia, papai...
  O menino respondeu sonolento e subiu no colo da mãe, aninhando-se em seu pescoço.
- A gente vai quebrar a cadeira desse jeito, falou Marco, segurando os dois.
- É verdade, disse Amanda, saindo do colo dele e aconchegando o filho nos braços, enganchado com as pernas em sua cintura.
   Letícia entrou ali também e subiu no colo do pai, fazendo o mesmo que Lupe. Deitou-se no colo de Marco e fechou os olhos.
- Mas vocês vieram até aqui pra dormir de novo? - perguntou Amanda. – Todo mundo pro banho.
- Eu não quero tomar banho... reclamou Luís Felipe ainda de olhos fechados.
- No dia em que ele não reclamar, eu vou estranhar muito. Você não cansa de toda manhã reclamar que não quer tomar banho, Lupe? Toma banho antes da Letícia, hoje, pra variar.
- Posso? - perguntou o menino mais animado.
   Marco balançou a cabeça confirmando.
- Quero tomar banho com a mamãe... Lupe pediu.
- Êh... Já está abusando. A mamãe só dá banho em mim, brincou Marco, piscando para Amanda.
- Vou fazer uma exceção, hoje, Lupe. Hoje você é meu exclusivo, ‘tá bom?
   Ela piscou para Marco também e saiu do estúdio, passando por Mariana na porta.
- Bom dia, Mariana.
- Bom dia...
   A menina se aproximou do irmão e ele estendeu a mão para ela.
- Bom dia, querida. Dormiu bem?
   Mariana segurou sua mão e balançou a cabeça, afirmativamente, perguntando.
- Você melhorou?
- Estou melhor. Desculpa ter assustado vocês. Foi uma dor de cabeça muito forte. Mas eu vou me cuidar pra não acontecer mais.
- Você está doente, papai? - Letícia perguntou.
- Está acordada, filha? Pensei que já estivesse dormindo de novo... Não, o pai não está doente. O pai só está cansado, mas eu prometo que vou maneirar um pouquinho.
- Você vai no médico de novo?
- Vou, hoje mesmo.
   Letícia abraçou-se mais forte com o pai.


                                    A VOLTA DE RITA
                                           PARTE I

             Você deve saber exatamente o que deseja alcançar,
                     e logo tomar ações para que suas metas e
                                 objetivos se concretizem.

          Vamos fazer o que é certo e bom pra nós e para o próximo.

                                    OBRIGADA E BOM DIA!
Velucy
Enviado por Velucy em 11/01/2019
Código do texto: T6548114
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Velucy
São Paulo - São Paulo - Brasil
1525 textos (9111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/05/19 21:41)