Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A OUTRA FACE DA ALMA CAPÍTULO . 2

   A OUTRA FACE DA ALMA
  “Lamento que o tempo de muitos seja tão curto para entender a história da humanidade pois o que transforma a vida são as marcas deixada pelo tempo ”
...Crianças e cachorros brincando, tão belo e tão simples . Uma cena das mais comuns: um menino constrói figuras de terra, junto de um cachorro que olha atentamente e que fica muito feliz se pudesse desfazer tudo aquilo.                                                                                                                                      Santinha----Às vezes, passamos anos sem viver nada, e de repente a nossa vida toda se concentra em um só instante”.Isso que estou vivendo  é    tão simples e ao mesmo tempo tão mágico, foi tudo tenso a começa pela da Rita  .                                                                                  Nazaré----Não foi fácil a gente já sabe.                                          Santinha---E como sabe!
Nazaré---Agora muita coisa boa também aconteceu.                                                                                            Santinha---Foi  anos cheios de pessoas corajosas e atitudes que mudaram, para melhor, a vida de muita gente.                                      Nazaré---Principalmente a minha que agora estou em Paz com o meu irmão.                                                                                          Santinha---Conte comigo para oque der e vier minha amiga !                      [AS DUAS SE ABRAÇAM ]
RITA DE CÁSSIA  E BOCA DE FOGO começa a dar em cima de FRANCISCO que é pai de Erasmo.                                                        Rita de Cássia ----Um esse  pão-de-ló com manteiga”.                                                                                               Boca de Fogo----Não um pão-de-lo Rita é  "um homem gato"                                                                                                        Rita de Cássia ---Vou tirar uma cascona                                                                                                                                                Boca de Fogo---É jogar charme ,Ave Maria pega o celular!                                                                                                                           Rita de Cássia----Ave Maria… Tem a ver com celular? Internet? Se for, não entendo nada pisa menos                                                                 Boca de fogo---Lá vem ele!  É agora                                                                                                                                                             Francisco----Olá my perriu galantiés                                                                                                                               Rita de Cássia----Ai Frances ,além de lindo sabe falar francês                                                                                                             Boca de Fogo---Se aquete mulher ! Rita de Cássia, mulher olha quem é vem ali a Vitória                                                                                    Vitória---É oque  sua cagezeira 50                                                                                                                 Francisco---Ó Maria bonita  para com isso...                                                                                                 Vitória ---É oque agora ocê vai defender essas duas beatas safadas sem vergonha.E para nada...Vem nega que eu vou arranco todos os fios de cabelos que existi aí nessa sua cabeleira fedorenta                                                                                                                                                                           Boca de Fogo--- Oque então vem pode vim                                                                                                  Francisco----“Lá vêm os macaquinhos. Vamos pegar para criar que eles são bonitinhos                                                                                   Vitória---Raia deacho vamos fazer um arrastão.                                                                                                                                                          Rita de Cássia---Me leve com você meu cangaceiro Lampião                                                                                                                  Vitória---Só se for pra eu corta essa tua lingua e dar pros cachorros comerem.                                                                                                    DEPOIS DA LIBERDADE RITA FINALMENTE NESCAL TAMBÉM GANHA SUA LIBERDADE ,SAI DA CADEIA JURADO VINGAR OQUE RITA A FEZ.                                            Nescal---Agora que estou livre, Para te dar o que você merece Rita...Você tirou o sonho de eu recuperar meus filhos por isso aparte de hoje sua vida se tornara um verdadeiro inferno !
   O DIA PASSA E NESTOR CHEGA A SUA CASA PARA ALMOÇAR SEU FILHO  Felipe entra correndo e abraça santinha QUE O CRIOU COMO SUA VERDADEIRA MÃE
 Felipe---Mãe! Mãe! Você não vai acreditar no que fiz hoje na escola. Santinha--Tô curiosa para saber, mas antes vai tomar um banho seu muleque. (FELIPE SAI ENQUANTO NESTOR SE APROXIMA DE SANTINHA) Nestor---Acho tão lindo o amor que você sente pelo meu filho.  Santinha-- Nosso filho! Porque a pesar de não ter gerado ele dentro de meu ventre eu sou mãe ,cuidei dei amor e carinho, e nessa vida tudo pode ser incerto menos o amor de uma mãe pelo filho.                               Nestor---Ele também te considera como mãe, você é uma ótima mãe. (Nestor começa a chorar, pq se lembra da vez em que agrediu Santinha enquanto estava grávida, o que fez ela perder o bebê)                      Nestor--- Me perdoe meu amor.
 Santinha---Já conversamos sobre isso, você estava bêbado nervoso e  foi sua culpa.                                                                                     Nestor---Foi minha culpa sim, eu fui o culpado de você perder o nosso bebê. (Santinha abraça Nestor)                                                 Santinha--- Eu já te perdoe, porque você já me deu meu maior presente, o seu amor e Felipe e é isso que realmente  importa nesse momento. Nestor---Eu não sei o que seria de mim e Felipe sem você, ainda mais depois que Mirtes foi embora. (Felipe entra)                                 Felipe---Então mãe já posso almoçar.                                            Santinha---Agora sim,claro que pode meu amor, vamos todos almoçar.                                   CORTA...
ENQUANTO ISSO NA SUA CASA A PERVERSA OPÉLIA ESTÁ SENTADA LENDO O LIVRO DE SIDNEY SHELDON A SENHORA DO JOGO                                                                   Opélia--- E mais um peão entrará na jogada e seguirá os próprios planos, SIDNEY SHELDON A senhora do jogo ,como este livro me define ,ai Opélia  entre ser e não ser ,você é.
APÓS PASSAR ALGUNS DIAS RITA SE REAPROXIMA DA FILHA E CRIA UM LAÇO DE AMIZADE AS ESCONDIDAS DA VILÃ OPÉLIA.                                                                                                                                                                                     Rita---A gente nem se conhece direito e já nus tornamos  grandes amigas né ,olha que legal                                                           Julinha---Minha mãe sempre fala para eu não sair com estranhos ,mas como você diz  é amiga do papai, não vejo problema nenhum.                                                                                                                                                                                                                                          Rita---E não a nenhum problema! Sempre quando você PRECISAR eu estarei aqui para oque der e vier meu amor...                                                                                                                                                                                                            Julinha---[ TRISTE] As vezes eu queria que a mamãe fosse igual a você! E você tia ,sera que posso chamar assim .  [IMAGINA QUAL É A SENSAÇÃO DE VOCÊ ESTA FRENTE A FRENTE DE SUA FILHA ,E MESMO SABENDO QUE ELA TEM POUCOS MESES DE VIDA E NÃO DIZER PARA ELA QUE VOCÊ É A VERDADEIRA MÃE DELA.                                                                                                                                                                            Rita---[ Emocionada ]Claro que pode meu amor ,me chame do que você preferir .
Julinha----A senhora nunca pensou em se casar ,ter filhos?                                                                                                                                                                                                                   Rita----[RITA FICA EM CHOQUE]  Na verdade ,eu já fui casada ,e tenho uma filha linda assim igualzinha á você !                                                                                                                                                                                    Julinha---Serio tia ,e onde ela esta ?                                                                                                                                                                            [Nesse momento Erasmo chega e interrompe a conversa]                                                                                                              Erasmo---Filha ,vamos bora deixar a a tia Rita descansar que hoje o dia foi muito cansativo para ela e amanhã ela vai começar a trabalhar em nossa casa.                                                                                                                          Julinha---[ Abraça Rita] Tchau tia fica com Deus ....                                                                                                                               Rita---Vai com Deus também meu amor...[ CORTA]
LOGO APÓS  SAIR COM RITA JULINHA CHEGA EM CASA COM SEU PAI ERASMO QUE TINHA SAIDO A PROCURA DE UMA EMPREGADA DOMESTICA E OPÉLIA COMEÇA A QUESTIONAR                                                          Opélia---Demorou achei que iria mora na rua !                                                                                                                                                          Erasmo---Não, agente só passou ali.                                                                                                                                                        Opélia----Pelo ou menos achou a alguém que preste pra cuidar da Julinha e de seus pais ,Porque a dona Vitória tá insuportável , hoje mesmo inventou de que a comida tinha piolho não comeu de Jeito nenhum. Cada dia mais louca                                                                                                                                                                Vitoria---Louca é sua vó ,tua égua .                                                                                                                                                         Erasmo---Mãe , menos ....                                                                                                                                                                                                         Vitória---Ela que fica me enlouquecendo, já falei pra ocêr tira essa mulherzinha de tua vida ,mais ocêr não esculta.                                                                                                                                                                                                    Opélia---Aí meu Deus.  E quem é a nova empregada estou doida pra conhecer , ela é bonita ,como que é ,refinada ,aposto que é uma caipirona.                                                                                                                                   Erasmo---Você terá uma grande surpresa
 NA CASA DO SEU TIO ,RITA ANTES DE DEITAR  ,PEGA UM TEÇO AJOELHA DIANTE DA IMAGEM DE NOSSA SENHORA MÃE DE DEUS ACENDE UMA VELA  COMEÇA A ORA ,LEMBRANDO 'DO PASSADO E DE QUANDO SUA FILHA ERA CRIANÇA, A NOITE PASSA NO DIA SEGUINTE ELA VAI TRABALHAR NA CASA DE ERASMO E OPÉLIA SE SURPREENDE .                                                               Rita chega para seu primeiro dia de trabalho ( bate na porta e Opélia que abre)                                                                                                          Opélia---Você?                                                                                                                                                              Rita--- Desculpe o atraso, mas já estou aqui para o meu primeiro dia de trabalho.  (Rita entra na casa)Opélia: Não querida, está tendo algum erro aqui. ( Erasmo entra)                                                                          Erasmo---(dá um beijo no rosto de Opélia). Bom dia acho que você já conheceu nosso nova empregada.
  Opélia--- Você não me disse que seria ela. ( com um ar de deboche)                                                                 Erasmo--- Pensei que tinha dito.                                                                                                                                     Rita---- Então posso começar por onde?                                                                                                             Erasmo---Isso é com a minha esposa. ( e sai) ( Opélia sai atrás dele enquanto Rita fica rindo )                                                                   Opélia---Como assim? Ela? Ela não pode ficar aqui                                                                                               Erasmo---( pega no braço de Opélia com força). - Não foi você que queria alguém para cuidar da minha mãe? Então é bom que saiba que ela não vai embora.                                                                            ( Opélia tira o braço da mão de Erasmo)                                                                                                         Opélia: Então que seja como você quiser meu bem. ( ar de deboche)                                                                    ( os dois saem, e Opélia volta pra Rita)                                                                                                             Rita---Então por onde começo?                                                                                                                             Opélia---É bom que você saiba que não vai ser fácil.                                                                                                Rita---Eu não disse que seria.                                                                                                                                       Opélia----Então comece cuidando daquela velha louca.                                                                                                 Vitória--- Louca é você sua cobra [ Rita rir mas discretamente)                                                                                 Rita---está bem.                                                                                                                                                     ( Opélia está saindo e para e vira-se pra Rita)                                                                                                           Opélia--- Não toque, não fale e nem tente ser amiga da minha filha, porque se você fazer isso tenha certeza de que vai se arrepender....                                                                                                                                                                                                                                                                                              Então quando Rita começar a trabalhar na  casa De Opélia , Nescal um dia vai   até lá confrontar Rita e  opélia ficar escondida ouvindo tudo, aí quando ela sair opélia vai  atrás dela e fazer uma proposta onde ela conseguiria se vingar de Rita                                                                                                                                                  Opélia---Já vai.. inferno! [ABRI A PORTA] Quem é você?                                                                                                                        Nescal---Prazer Nescal.   Eu fique sabendo que a Rita esta trabalhando aqui, posso falar com ela?                                                               Opélia---Claro entre ela está na quartinho do fundo.                                                                                                                              Nescal---Essa tem cara de presidiria kkkk                                          Após Opélia mostrar onde Rita está em sua casa Nescal encaminha até ela e vai confronta-la ,Rita está de joelhos e de costas pra Nescal. Nescal chega e a empurra e ela cai, Rita vira-se pra Nescal)                            Nescal---Enfim te achei sua vagabunda ladra.
 Rita---Você não estava presa?                                                          Nescal---Estava, mas eu voltei.Que situação você está em minha irmã quem te viu quem te ver , de presidiaria ladra a empregada domestica, Rita---Você não entende, você  nunca entenderia, eu fiz aquilo para conseguir a minha vida de volta.                                                Nescal---A sua vida?, e a minha e dos meus filhos em você não pensou no seus sobrinhos né?                                                                         Rita---- Me perdoe ,Más vai saber o destino dessa herança que durantes anos você protegeu.                                                                        Nescal----Como assim? Não acredita que nós  recebemos  uma herança                             Rita---Tenho minhas dúvidas ,mais se quer saber oque eu fiz com o dinheiro vou te dizer . Estou pagando o tratamento de minha menina que tem poucos dias de vida ,estou com o dinheiro para me ergue e recuperar oque eu perdi                                                                              Nescal----Você se passou a perna em me ainda se faz de boazinha. Rita---Ainda tenho metade do dinheiro e posso te devolver para você poder recomeçar.                                                                                        Nescal--- Me devolver o meu dinheiro não vai fazer com que você me pague tudo oque tirou de mim . Saiba Rita você não tem mais uma irmã. mais sim uma inimiga declarada.                                                          NESCAL SAI ,E APÓS OUVIR TODA CONVERSA OPÉLIA VAI A SUA TRÁS  Opélia---Oi com licença.                                                                   Nescal---Oi                                                                                      Opélia---A gente pode conversar?                                                              Nescal---Não sei que assuntos temos em comum.                                         Opélia--- Rita... Te interessa?
 Nescal---Sendo assim podemos sim conversar!                               Opélia---Sem querer acabei ouvindo a conversa de vocês e pelo que  ouvir ela é sua inimiga declarada.                                                  Nescal---Odiar é pouco, mais ela vai me pagar, só que eu ainda não intedir aonde você quer chegar?                                                     Opélia---Eu sei com acabar com a Rita , abasta atingir seu ponto fraco,podemos ser ótimas amigas!                                               Nescal---Como?
Opélia---Como você sabe ela trabalha na minha casa, então se você precisar de algo que  incrimine aquela vagabunda tenha certeza de que seria o maior prazer ver aquela dissimulada atrás das grades                     Nescal--- Então pelo que vejo somos amigas.                                        Opélia: Eu faço tudo oque for possível e impossível para tirar aquela sonsa da minha vida. [ Nescal e Opélia apertam as mãos e assim concretizam o plano de vingança contra Rita.
JÁ  EM SUA CASA DESCONFIADA SANTINHA COMEÇA A RECEBER CARTAZ MISTERIOSAS, FICA EM DUVIDA A RESPEITO DA LEALDADE DE NESTOR...Santinha está em casa lendo o livro ''DOM CASMURRO''  até que Nestor chega.                                                                             Nestor--- Dom casmurro?
 Santinha--- Sim                                                                             Nestor---Legal!Eu também gostava muito quando eu era jovem só que o tempo passou perde o habito de ler. E aí o que achou gostou ?  Santinha---Do que ?                                                                           Nestor ---Do livro! DOM CASMURRO! Será que Capitu realmente traiu Bentinho  com Escobar , o melhor amigo de Bentinho ou será que era paranoias da cabeça dele...[SANTINHA INTERROMPE]
Santinha---E você Nestor? Será que você está me traindo.
                FIM DO SEGUNDO CAPÍTULO... A OUTRA FACE DA ALMA CONTINUAÇÃO...Rita ainda sofrerá muito fora da cadeia, para provar sua inocência e reconquistar o amor da filha .Ela ama Erasmo, mais se fará de fria e calculista, pois aprendeu a viver a vida como ela é na cadeia.                                                                                                                                                                   Rita passa a ser forte e começa a enfrentar Opélia, como uma mulher sem escrúpulos capaz de tudo para recuperar doze anos perdidos, o que espanta a todos. A doce e bondosa Rita deu lugar a uma mulher cruel e decidida a recupera sua filha !
                                                    PARA ENTENDER MELHOR CADA PERSONAGEM ...
           ACESSA O LINK  https://youtu.be/unMaRDRub5w ....
                                                                                                                                                                                                                                                                                 

                                       
César Péstalozzi
Enviado por César Péstalozzi em 02/12/2019
Reeditado em 03/12/2019
Código do texto: T6809287
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
César Péstalozzi
Espinosa - Minas Gerais - Brasil, 17 anos
5 textos (55 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 00:23)
César Péstalozzi