Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O nome de São José é incluído nas Orações Eucarísticas II, III e IV (Decreto na íntegra)

É de verdadeira alegria ver inserido o nome de São José na sagrada liturgia!
Ele é o patriarca da linhagem de David, servo fiel do Povo de Deus, pai legal e nutrício de Jesus segundo as Escrituras.
Seu venerável nome palpita na fé católica por séculos.
Nesse sentido, é de bom alvitre saber que o Papa Francisco tem para com São José uma firme e saudável devoção e um amor especial de fé no santo patrono da família de Nazaré, por conseguinte, Padroeiro das famílias, da Igreja, dos operários...
A fé em Jesus não exclui o amor que podemos ter a São José, porque Jesus reservou a José, o homem justo, o respeito e a consideração filial como afirma as Escrituras em São Lucas: "Desceu para Nazaré e era obediente a seus pais. E Jesus crescia em Sabedoria, graça e idade diante de Deus e dos homens."
"E a graça de Deus estava sobre ele (Lc 2, 39-40). Coube  também a Lucas preservar para a posteridade uma única cena da juventude de Jesus. É esta em que ele, com 12 anos de idade, se desgarra de seus pais, durante uma peregrinação familiar a Jerusalém. "  (este trecho foi extraído de Uma sagrada família..., artigo de Frei Prudente Nery, OFMCap., em http://procamig.org.br/freiprudente/meditacao/arquivo/med64.htm
Todos sabiam que Jesus era o filho do Carpinteiro José, da casa de David.
Sabemos que na cruz, José já não estava presente fisicamente na vida de Jesus!
Por tanto tempo de convívio e trabalho com a sua família e no trabalho e nas festividades do povo de Deus? Jesus manteve uma vida cotidiana com o seu povo e com sua família e amigos. Viveu 30 anos com os seus e com o povo, e viveu bem! Um bom tempo útil para dar base à sua vida futura de pregador! Adulto ainda ajudava sua família como um bom filho de Abraão e fiel filho de Deus no Novo Testamento.
Esse modo de viver e escolher ser assim identifica o propósito prudente e sábio pelo qual Deus fez a tenda no meio de seu povo Israel e depois enviou os seus a todos os povos para evangelizar.
É o que se contempla na vida oculta de Jesus em Nazaré como filho de José e Maria. Viveu, viveu intensamente para amar profundamente!
Quis ser trabalhador, conviver 30 anos com todos com os quais passasse pelo seu caminho. Seu olhar sereno e firme, sem perder o foco na vontade de Deus: "Tu me deste um corpo para fazer tua vontade, ó Deus!" , ou "Um corpo me preparaste ... Eis que venho.. .para fazer a Tua vontade, Senhor Deus".
"Nessa vontade é que temos sido santificados, mediante a oferta do corpo de Jesus Cristo, uma vez por todas. Ora, todo sacerdote se apresenta dia após dia a exercer o serviço sagrado e a oferecer muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca jamais podem remover pecados; Jesus, porém, tendo oferecido para sempre, um único sacrifício pelos pecados, assentou-se à destra de Deus, aguardando, daí em diante, até que os seus inimigos sejam postos por estrado dos seus pés. Porque com uma única oferta aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados" (Hebreus 10.10-14).
Foram depois três de dedicação radical ao evangelizar e formar sua comunidade de apóstolos, seus divulgadores da Palavra e dos sinais do Reino de Deus, seu Eterno Pai Celestial.
Jesus, o Messias, era "o bem" vindouro. Como o salmista disse a respeito d'Ele: "Oh! provai, e vede que o Senhor é bom!" (Salmo 34.8).
Conheçamos, servamos e nos unamos a Jesus com fé e amor aqui e para a Eternidade!
Sejamos fiéis a Jesus como o foram José e Maria!
   ___________________________
LADAINHA DE SÃO JOSÉ em LATIM: http://catolicoaromano.blogspot.com.br/2011/09/ladainha-de-sao-jose.html#.U5YuX025fcc

 Kyrie, eléison.
 Christe, eléison.
 Kyrie, eléison.

 Christe, audi nos.
 Christe, exáudi nos.

 Pater de caelis Deus, - miserére nobis.
 Filii Redémptor mundi Deus,
 Spíritus Sancte, Deus,
 Santa Trínitas, unus Deus,

 Sancta María, - ora pro nobis.
 Sancte Joseph,
 Proles David ínclyta,
 Lumen Patriarchárum,
 Dei Genitrícis sponse,
 Custos pudíce Vírginis,
 Fílii Dei nutrítie,
 Christi defénsor sédule,
 Almae Famíliae praeses,
 Joseph justíssime,
 Joseph castíssime,
 Joseph prudentíssime
 Joseph fortíssime,
 Joseph obedientíssime,
 Joseph fídelíssime,
 Spéculum patiéntiae,
 Amátor paupertátis,
 Exémplar opíficum,
 Domésticae vitae decus,
 Custos vírginum,
 Familiárum cólumen,
 Solátium miserórum,
 Spes aegrotántium,
 Patróne moriéntium,
 Terror daemonum,
 Protéctor sanctae Ecclésiae,

 Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, parce nobis, Dómine.
 Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, exáudi nos, Dómine.
 Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, miserére nobis.

C.: Constítuit eum Dóminum domus suae.
R.: Et príncipem omnis possessiónis suae.

 ***
LADAINHA DE SÃO JOSÉ em PORTUGUÊS:
http://ars-the.blogspot.com.br/2013_06_01_archive.html

 Senhor, tende piedade de nós.
 Cristo, tende piedade de nós.
 Senhor, tende piedade de nós.

 Jesus Cristo, ouvi-nos.
 Jesus Cristo, atendei-nos.

 Pai celestial, que sois Deus, - tende piedade de nós.
 Filho Redentor do mundo, que sois Deus,
 Espírito Santo, que sois Deus,
 Santíssima Trindade, que sois um só Deus,

 Santa Maria, - rogai por nós.
 São José,
 Ilustre Filho de Davi,
 Luz dos Patriarcas,
 Esposo da Mãe de Deus,
 Casto guarda da Virgem,
 Sustentador do Filho de Deus,
 Zeloso defensor de Jesus Cristo,
 Chefe da Sagrada Família,
 José justíssimo,
 José castíssimo,
 José prudentíssimo,
 José fortíssimo,
 José obedientíssimo,
 José fidelíssimo,
 Espelho de paciência,
 Amante da pobreza,
 Modelo dos artistas,
 Honra da vida de família,
 Guarda das virgens,
 Sustentáculo das famílias,
 Alívio dos miseráveis,
 Esperança dos doentes,
 Patrono dos moribundos,
 Terror dos demônios,
 Protetor da santa Igreja,

 Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.
 Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.
 Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.

C.: O Senhor o constituiu dono de sua casa.
R.: E fê-lo príncipe de todas as suas possessões.

Oremos
 Ó Deus, que com inefável providência Vos dignastes escolher o bem-aventurado S. José para esposo de vossa Mãe Santíssima, concedei-nos, Vo-lo suplicamos, mereçamos ter como intercessor no céu, aquele que veneramos na terra como protetor. Vós, que viveis e reinais por todos os séculos.
R.: Amém.
 ____________________

ORAÇÃO DE SÃO JOSÉ

 A vós, S. José, recorremos em nossa tribulação, e (depois de ter implorado o auxílio de vossa Santíssima Esposa), cheios de confiança solicitamos também o vosso patrocínio. Por esse laço sagrado de caridade, que vos uniu à Virgem Imaculada, Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes ao Menino Jesus, ardentemente vos suplicamos, que lanceis um olhar benigno sobre a herança que Jesus Cristo conquistou com o seu Sangue, e nos socorrais em nossas necessidades com o vosso auxílio e poder.
 Protegei, ó Guarda providente da Divina Família, a raça eleita de Jesus Cristo. Afastai para longe de nós, ó Pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assisti-nos do alto do céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo, na luta contra o poder das trevas, e assim como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino Jesus, assim também defendei a santa Igreja de Deus das ciladas de seuis inimigos e de toda a adversidade. Amparai cada um de nós com o vosso constante patrocínio, a fim de que a vosso exemplo e sustentados com o vosso auxílio, possamos viver virtuosamente, morrer piedosamente e obter no céu a eterna bem-aventurança. Amém.
 
 Postado por  Valbercley da Graça Almeida     às terça-feira, setembro 06, 2011
http://catolicoaromano.blogspot.com.br/2011/09/ladainha-de-sao-jose.html#.U5YuX025fcc
 _________________________________
quarta-feira, 19 de junho de 2013
http://ars-the.blogspot.com.br/2013_06_01_archive.html
  Pax et bonum!

Não sabemos dizer em que dia o decreto foi disponibilizado no site da Santa Sé, mas é fato, como noticiado por alguns sites desde ontem (ex: New Liturgical Movement) que a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos publicou um decreto, datado de 01/05, pelo qual o nome do Patrono da Igreja Universal, o justíssimo São José, esposo da Sempre Virgem Maria, é acrescentado às três Orações Eucarísticas universais da Forma Ordinária do Rito Romano. Assim, as Orações Eucarísticas da reforma pós-conciliar seguem a mesma inclusão que o Beato João XXIII fez ao Cânon Romano (Oração Eucarística I) antes do Concílio Vaticano II.

Segue o texto integral disponível no site da Santa Sé.








CONGREGAÇÃO PARA O CULTO DIVINO
E A DISCIPLINA DOS SACRAMENTOS

DECRETO

com o qual se acrescenta o nome de São José
nas Orações Eucarísticas II, III e IV do Missal Romano




Pelo seu lugar singular na economia da salvação como pai de Jesus, São José de Nazaré, colocado à frente da Família do Senhor, contribuiu generosamente à missão recebida na graça e, aderindo plenamente ao início dos mistérios da salvação humana, tornou-se modelo exemplar de generosa humildade, que os cristãos têm em grande estima, testemunhando aquela virtude comum, humana e simples, sempre necessária para que os homens sejam bons e fiéis seguidores de Cristo. Deste modo, este Justo, que amorosamente cuidou da Mãe de Deus e se dedicou com alegre empenho na educação de Jesus Cristo, tornou-se guarda dos preciosos tesouros de Deus Pai e foi incansavelmente venerado através dos séculos pelo povo de Deus como protector do corpo místico que é a Igreja.

Na Igreja Católica os fiéis, de modo ininterrupto, manifestarem sempre uma especial devoção a São José honrando solenemente a memória do castíssimo Esposo da Mãe de Deus como Patrono celeste de toda a Igreja; de tal modo que o Beato João XXIII, durante o Concílio Ecuménico Vaticano II, decretou que no antiquíssimo Cânone Romano fosse acrescentado o seu nome. O Sumo Pontífice Bento XVI acolheu e quis aprovar tal iniciativa manifestando-o várias vezes, e que agora o Sumo Pontífice Francisco confirmou, considerando a plena comunhão dos Santos que, tendo sido peregrinos connosco neste mundo, nos conduzem a Cristo e nos unem a Ele.

Considerando o exposto, esta Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, em virtude das faculdades concedidas pelo Sumo Pontífice Francisco, de bom grado decreta que o nome de São José, esposo da Bem-aventurada Virgem Maria, seja, a partir de agora, acrescentado na Oração Eucarística II, III e IV da terceira edição típica do Missal Romano. O mesmo deve ser colocado depois do nome da Bem-aventurada Virgem Maria como se segue: na Oração Eucarística II: "ut cum beata Dei Genetrice Virgine Maria, beato Ioseph, eius Sponso, beatis Apostolis", na Oração Eucarística III: "cum beatissima Virgine, Dei Genetrice, Maria, cum beato Ioseph, eius Sponso, cum beatis Apostolis"; na Oração Eucarística IV: "cum beata Virgine, Dei Genetrice, Maria, cum beato Ioseph, eius Sponso, cum Apostolis".

Para os textos redigidos em língua latina utilizam-se as fórmulas agora apresentadas como típicas. Esta Congregação ocupar-se-á em prover à tradução nas línguas ocidentais mais difundidas; para as outras línguas a tradução deverá ser preparada, segundo as normas do Direito, pelas respectivas Conferências Episcopais e confirmadas pela Sé Apostólica através deste Dicastério.

Nada obste em contrário.

Sede da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, 1 de Maio de 2013, São José Operário.




Antonio Card. Cañizares LloveraPrefeito

 + Arthur RocheArcebispo Secretário








FÓRMULAS QUE CORRESPONDEM AO NOME DE SÃO JOSÉ




Formulae quae ad nomen Sancti Joseph spectant
 in Preces eucharisticas II, III et IV Missalis Romani inserendae,
 linguis anglica, hispanica, italica, lusitana, gallica, germanica et polonica exaratae
Probatum

Ex aedibus Congregationis de Cultu Divino et Disciplina Sacramentorum, die 1 mensis Maii 2013.

+ Arturus Roche
Archiepiscopus a Secretis

Anglice
 In Eucharistic Prayer II:
 "that with the Blessed Virgin Mary, Mother of God, with blessed Joseph, her Spouse, with the blessed Apostles...";
 In Eucharistic Prayer III:
"with the most Blessed Virgin Mary, Mother of God, with blessed Joseph, her Spouse, with your blessed Apostles and glorious Martyrs...";
 In Eucharistic Prayer IV:
"with the Blessed Virgin Mary, Mother of God, with blessed Joseph, her Spouse, and with your Apostles...".

Hispanice
 En la Plegaria eucarística II:
«con María, la Virgen Madre de Dios, su esposo san José, los apóstoles y...»;
En la Plegaria eucarística III:
«con María, la Virgen Madre de Dios, su esposo san José, los apóstoles y los mártires...»;
En la Plegaria eucarística IV:
«con María, la Virgen Madre de Dios, con su esposo san José, con los apóstoles y los santos...».

Italice
 Nella Preghiera eucaristica II:
«insieme con la beata Maria, Vergine e Madre di Dio, con san Giuseppe, suo sposo, con gli apostoli...»;
Nella Preghiera eucaristica III:
«con la beata Maria, Vergine e Madre di Dio, con san Giuseppe, suo sposo, con i tuoi santi apostoli....»;
Nella Preghiera eucaristica IV:
«con la beata Maria, Vergine e Madre di Dio, con san Giuseppe, suo sposo, con gli apostoli...».

Lusitane
 Na Oração Eucarística II:
 "com a Virgem Maria, Mãe de Deus, com São José, seu esposo, os bem-aventurados Apóstolos...";
 Na Oração Eucarística III:
 "com a Virgem Santa Maria, Mãe de Deus, com São José, seu esposo, os bem-aventurados Apóstolos...";
 Na Oração Eucarística IV:
 "com a bem-aventurada, Virgem Maria, Mãe de Deus, com São José, seu esposo, os Apóstolos...".

Gallice
 Dans la Prière eucharistique II:
« avec la Vierge Marie, la bienheureuse Mère de Dieu, avec saint Joseph, son époux, les Apôtres ... »;
Dans la Prière eucharistique III:« auprès de la Verge Marie, la bienheureuse Mère de Dieu, avec saint Joseph, son époux, les Apôtres ... »;
Dans la Prière eucharistique IV:
« auprès de la Vierge Marie, la bienheureuse Mère de Dieu, auprès de saint Joseph, son époux, des Apôtres ... ».

Germanice
 Eucharistisches Hochgebet II:
 "mit der seligen Jungfrau und Gottesmutter Maria, dem seligen Joseph, ihrem Bräutigam,mit deinen Aposteln...";
 Eucharistisches Hochgebet III:
 "mit der allerseligsten Jungfrau und Gottesmutter Maria, mit dem seligen Joseph, ihrem Bräutigam, mit deinen heiligen Aposteln...";
 Eucharistisches Hochgebet IV:
 "mit der seligen Jungfrau und Gottesmutter Maria, mit dem seligen Joseph, ihrem Bräutigam, mit deinen Aposteln...".

Polonice
 II Modlitwa eucharystyczna:
«z Najświętszą Bogurodzicą Dziewicą Maryją, ze świętym Józefem, Jej Oblubieńcem, ze świętymi Apostołami...»;
III Modlitwa eucharystyczna:
«z Najświętszą Dziewicą, Bogurodzicą Maryją, ze świętym Józefem, Jej Oblubieńcem, ze świętymi Apostołami...»;

IV Modlitwa eucharystyczna:
«z Najświętszą Dziewicą, Bogurodzicą Maryją, ze świętym Józefem, Jej Oblubieńcem, z Apostołami...».
   
 Postado por ARS   às 19.6.13   , 0 comentários

 Marcadores: A Reforma de Bento XVI, Documentos, Missal Romano, Reforma da Reforma, Reforma Litúrgica, Santa Sé, Vaticano QUE ...
__________________

São José: modelo de pai, trabalhador e esposo. Texto de Pe. Guido Mottinelli. Março, em Brasil Cristão, RS 21,
J B Pereira e J B Pereira e http://ars-the.blogspot.com.br/2013_06_01_archive.html e http://catolicoaromano.blogspot.com.br/2011/09/ladainha-de-sao-jose.html#.U5YuX025fcc
Enviado por J B Pereira em 09/06/2014
Reeditado em 23/06/2014
Código do texto: T4838735
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2541 textos (1498442 leituras)
30 e-livros (325 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 10:59)
J B Pereira