Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RELATOS DE UM PEDRO

"Eu daria a minha vida...
Eu jamais Te negaria."

Foram as pomessas que eu Te fiz.
Mas não foi bem assim.
Quando o dia mal chegou,
eu não tive forças pra reconhecer-Te.
Não tive ânimo para defender-Te.
E fracamente eu Te neguei.
E quando eu quis voltar ao que fazia antes de Te conhecer,
eu ouvi Tua voz me chamando pelo nome:

"Pedro, tu me amas?
Tu me amas mesmo?
Pedro tu me amas?"

E quando reconheci que nada está encoberto diante de Ti,
não foi a disciplina que recebi,
mas uma ordem que me dizia:

"APASCENTA MINHAS OVELHAS!"

Negou, mas reconheceu.

"APASCENTA MINHAS OVELHAS!"

Se afastou, mas voltou.

"APASCENTA MINHAS OVELHAS!"

Não teve estruturas, mas vai chegar o dia em que se entregarás e não negarás.

"APASCENTA AS MINHAS OVELHAS!"

Viverei Teu projeto, pois desde o íncio nunca foi sobre mim, mas sobre a Pedra que jamais será abalada!
Odilene Silva
Enviado por Odilene Silva em 07/05/2020
Reeditado em 07/05/2020
Código do texto: T6940269
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Odilene Silva
Picos - Piauí - Brasil, 24 anos
3 textos (55 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 07:38)
Odilene Silva