Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Obrigado Senhor....

Senhor Deus...
Suave é a brisa que invade meu corpo..
Ama-lo com a razão, adorá-lo com o coração...
Abraçá-lo de forma onipresente, vivenciá-lo a cada dia...
Santos, anjos, arcanjos, vida perene e poética e, eternamente apaixonante...
Luminosidade, que me protege deste obscuro mundo...
Meu pai...Proteja-me,acompanha-me em minha difícil jornada...
Em cada criança, em cada rosto cheio de dor, em cada flor, em cada
esquina de meu trajeto, sinto sua verdadeira presença...
Senhor resgate em mim os sonhos desfeitos, tudo que fiz e não fiz...
Pai, que sejamos únicos em corpo e em espírito...
Deus meu, sinto sua paz em meus flagelados momentos de dor...
Meu guia neste imenso universo quero transmutar-me para várias dimensões exteriores e interiores, sob sua mestra orientação...
Pai, pai...Ah  meu pai...Como gostaria de acariciá-lo, da mesma forma
que sinto sua energia sobre minha alma...
Senhor meu, confissão sublime de meu ego, viagem ilimitada de meu subconsciente, consciente arbítrio do meu ser...
Santíssimo meu, eleva-me para sua santa moradia, mesmo que para chegar à plenitude, tenha que sofrer nesta amarga vida...
Porém, meu pai...Entrego-me para ti...Rogando-lhe a eternidade espiritual para mim e para todos os viventes deste planeta...
Com suas bênçãos...Para sempre
Obrigado Senhor...
Amante das Palavras
Enviado por Amante das Palavras em 06/11/2007
Reeditado em 08/12/2007
Código do texto: T725092

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Francisco Cesar Espindola). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Amante das Palavras
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
77 textos (4207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 15:53)
Amante das Palavras