Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A muito

A muito tempo que  não sei o que é felicidade.
A muito que meu sorriso esconde minhas fustrações.
A minha vontade de viver está a cada dia se apagando.
As lagrímas que correm pelo meu rosto não são de alegria,são de tristeza, por causa de uma vida sem sentido e sem motivação.
Ando aprocurar algo que me salve, que me devolva a esperança .Que me devolva o brilho no olhar que a tempos perdei.
esperancça
Enviado por esperancça em 22/09/2008
Código do texto: T1191081

Comentários

Sobre a autora
esperancça
Cubatão - São Paulo - Brasil
22 textos (618 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 19:29)
esperancça