Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS



Faz tempo...muito tempo que vi este filme...Não uma, mas inúmeras
vezes!
É uma lição de vida, principalmente para nós, professores.
Um mestre, principalmente, na disciplina de Língua Portuguesa, tem a
obrigação de desenvolver a criatividade em seus alunos.
Para que isto ocorra, é preciso apresentar os jovens bons autores, desde
os clássicos até os modernistas.
Somente conhecendo o que é bom, é possível ter um parâmetro
para avaliar seus próprios escritos.
Não tenho a pretensão de criar gênios, mas sim incentivar o
pensamento crítico.Fazer com que os meninos pensem e saibam posicionar-se
diante da vida.
Volto a falar no filme, e lembro da luta daquele professor a fim de quebrar a
mesmice.
Uma luta similar, travo no meu dia-a-dia escolar.É fácil ser
professor enchendo uma lousa de cópias.Difícil é quebrar o
sistema, desacomodar e fazer pensar.
Tive sorte na minha vida escolar.Bons mestres, a começar por meu pai e
minha avó.Cedo, eles ensinaram-me a importância das letras e da
leitura.
Enquanto muitos adolescentes passam seus dias diante de um televisor, há
professores que tentam romper com estas rotinas.
Lembro de minha professora Lúcia Cecchim, quando eu começava a escrever
os primeiros versos.Disse-me ela:
_ Denise, escrever todo mundo escreve.Para escreveres bem, deves ler muito,
pesquisar.Cultura nunca te fará mal!


E graças à Lúcia, hoje eu tento fazer o mesmo com meus meninos.
Espero, que como o professor do filme Sociedade dos Poetas Mortos, eu
também consiga semear um novo modo de pensar e sentir.

CARPE DIEM


"CARPE DIEM" ou "Aproveita o dia" em latim

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 26/04/2006
Código do texto: T145803


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (954716 leituras)
16 áudios (8943 audições)
311 e-livros (34608 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/03/21 21:44)
Denise Severgnini