Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antena

"Às vezes, me ponho como antena, a capitar o interior do ser humano, a enxergar toda a sua ordem e desordem, todo o céu e inferno, o que o move e o que o paralisa".
Mulungu
Enviado por Mulungu em 21/07/2006
Reeditado em 25/01/2007
Código do texto: T198915


Comentários

Sobre o autor
Mulungu
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil
124 textos (7787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/03/21 23:51)
Mulungu