Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AGARRA-ME ESSE OLHAR...

Agarra-me esse olhar que de fulgor me cala
Diz-lhe que voe baixinho rente aos matagais
Enquanto eu vou procurar nos canaviais
Os artefactos que realcem o que me embala

Atribui-lhe a face que me prenda eternamente
Desenha-lhe um sorriso que perpetue a obra
Quero viver todo o tempo que me sobra
Siderado com o quadro que tenho à minha frente

Deixa-me sonhar com o sentido da quimera
Como se a vida fosse contínua primavera
Agarra-me esse olhar meu companheiro de sorte

Quero acordar com o brilho dos audazes
Que acreditam que de tudo são capazes
Abraçados a uma ilusão até à morte
Ângelo Gomes
Enviado por Ângelo Gomes em 11/08/2011
Código do texto: T3152808
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ângelo Gomes
Portugal, 66 anos
553 textos (7960 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 00:53)
Ângelo Gomes