Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O LADO "B" DO NATAL

Por entre as luzes coloridas de néons das ruas e lojas...
Por entre as agitações dos preparativos da ceia farta, bem decorada, cheia de detalhes artísticos...
Por entre a euforia das crianças ávidas de ganharem seus sonhados aparatos eletrônicos...
Por entre as festas das empresas, cheias de orgulho pelas perspectivas do balanço a ser comemorado...
Por entre os champagnes, os vinhos de safra privilegiada, as receitas nobres, o glamour, o luxo...
Por entre os momentos da entrega do amigo invisível, onde quase sempre o supérfluo e o excêntrico dão tônica à confraternização...
Há os que vivem o lado "B" Natal.
São os que não conseguem compartilhar a felicidade contagiante que envolve a maioria, e são tomados por um sentimento de vazio profundo... e sua alma contristada e descontente lhe aflige o coração inconsolado.
São os que não conseguem serem felizes vendo crianças descalças e sujas namorando os presentes das vitrines ou cobiçando um frango nas máquinas giratórias de assar, e depois voltarem aos malabarismos no trânsito para garantir ao menos o leite do irmãozinho de colo que ficou no barraco...
São os que pensam naqueles que deixaram seus casebres abençoados em algum lugarejo do Nordeste brasileiro e foram à luta e ao sacrifício pelo futuro dos seus, e que não têm condição ao menos de passar um telefonema, confinados em seus cubículos dos finos residenciais onde trabalham como porteiros, vendo passar a todo instante pessoas bem vestidas carregando seus manjares, pacotes coloridos e garrafas valorosas para o que chamam de ceia de Natal, sem ao menos lhe darem um "Feliz Nata"...
São os que pensam nos motoristas em trânsito, nos viajantes confinados em alguma pensão distante dos seus, nos caminhoneiros sozinhos nos restaurantes de estrada se empanturrando de cerveja, para ficarem entorpecidos neste dia, enquanto os seus pequeninos choram por eles em cidades distantes...
São os que pensam nos motobóis correndo riscos para entregarem a encomenda do manjar noturno para que tudo saia perfeito...
São os que meditam nos policiais em ronda, nos enfermeiros, nos médicos de plantão, confinados nos pequenos e mal equipados pronto socorros da periferia...
Estes não conseguem ser felizes porque têm consciência, tem sentimento de misericórdia, tem amor no coração,tem esperanças em dias melhores e mais justos, ao contrário dos indiferentes que só circulam em seu mundinho de egoísmo e ilusões, como se somente eles tivessem direito à felicidade...
Se você é um desses que não consegue estar feliz neste dia pelos motivos citados, alegre-se, porque você é muito melhor do que os que os que se regalam e não percebem a dor e o sofrimento que os rodeiam, e ninguém, mais do que você merece sentir as vibrações elevadas e puras do verdadeiro espírito do Natal.

Feliz Natal!
Tião Luz
Enviado por Tião Luz em 24/12/2013
Código do texto: T4623884
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Tião Luz
Poços de Caldas - Minas Gerais - Brasil
98 textos (21773 leituras)
8 áudios (733 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/05/21 14:16)
Tião Luz