Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Muito ao Longe... Esvai-se o Monótono Tempo da Gente

Paisagens belas e tranquilas; são quietude da Natureza:
Toda a monotonia selvagem neste ocaso; são o reparo;
Sente-se uma nostalgia; uma altiva languidez de pureza;
Muito além; toda a paisagem reflecte todo seu embalo...
Toda a simbologia; nesta tranquilidade de tanta beleza!

A salutar solidão embrenhada nesta paisagem ardente:
Desponta a vida nesta quietude de Esperança e magia;
Muito ao longe... Esvai-se o monótono tempo da gente;
Ecoa por montes e vales... Silvo de Esperança e alegria...
As paisagens belas e tranquilas; são mote calmamente!

                                                                          20/02/2016
                                                                     José Duarte André
José Duarte André
Enviado por José Duarte André em 20/02/2016
Código do texto: T5549742
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
José Duarte André
Portugal, 76 anos
494 textos (15054 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 11:52)
José Duarte André