Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os ratos urbanos

                       Às vezes quando, eu caminho pelas ruas, já na madrugada eu os vejo saírem, dos esgotos, do subterrâneos, de lugares que só eles o conhece, então aqueles olhos vermelhos brilhantes, ilumina á noite, o seu caminho á procura de comida, revira a cada lixeira das ruas,fazendo sua própria festa, com medo dos homens, da movimentação dos caros, dos barulhos da daquele pés apresados, na madrugada a cidade fica só para eles, os ratos urbanos, quando ver gente pelas ruas,voltam para os bueiros, com medo dos homens,o dia para eles só debaixo das ruas, estes animais tem medo dos homens, e os homens tem medo deles, da sua doença que eles podem transmite, pela sua urina, quando começa á clareia eles voltam para casa, escutando os passos da humanidade; assim é a vida e a noite dos ratos urbanos.
paulo ziagua
Enviado por paulo ziagua em 12/08/2017
Código do texto: T6081711
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
paulo ziagua
Ribeirão das Neves - Minas Gerais - Brasil, 45 anos
232 textos (7264 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 02:04)
paulo ziagua