Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De quantos amanhãs você precisa?

Viver é como uma caixinha de surpresas. A cada dia que passa, algo de novo nos envolve e atropela nossos planejamentos do dia a dia. Seja algo bom ou ruim, cada dia há uma surpresa. Nunca se sabe o que está nos esperando no tempo que a gente considera futuro. Mal a gente consegue definir o presente, que dirá o dia de amanhã, que, por si só, já é incerto. O interessante de se analisar nisso é o fato de que sempre existirá uma novidade. Sempre haverá um novo dia. Sempre haverá um novo amanhã. A menos que a vida se encerre no hoje. E se encerrar é porque todos os seus amanhãs já foram suficientes para deixar seu legado neste mundo. Nada é em vão. Até porque, mesmo que, por vezes, nos sintamos inúteis ou sem expectativas, sempre temos uma função, uma missão, um objetivo, que talvez nem nós mesmos saibamos e isso só acaba quando acabam todos os amanhãs. Quando tudo vira cinza e já não existe mais esperança. Fora isso, há sempre uma oportunidade. Quando se sentir mal, triste, deprimido, lembre-se de questionar a você mesmo qual sua missão nesse universo; a que veio ao mundo. Lembre-se de que você sempre será exemplo para alguém. Você sempre causará impacto na vida de alguém. Você sempre significa muito para alguém. Lembre-se que você é alguém. E isso importa! Importa muito! Você é total responsável pela própria felicidade. É através de sua visão de mundo, de seu modo de agir, se suas mais variadas formas de viver a vida que você define sua felicidade. Por isso, por mais impossível que pareça, sempre há esperança de um futuro melhor, de um amanhã melhor. E o amanhã depende do seu hoje. Então a dica é cultivar seu hoje de forma a garantir que o amanhã irá bastar para te transbordar. A expectativa de que o futuro será melhor nunca deve ter fim. A esperança de dias melhores é o que deve ser mantida.
Gleydson Paiva
Enviado por Gleydson Paiva em 07/12/2017
Reeditado em 07/12/2017
Código do texto: T6192863
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gleydson Paiva
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 26 anos
47 textos (3705 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 03:02)
Gleydson Paiva