Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando secamos o amor?

Não conheço na minha jornada de frustrações sequer uma mulher que não tenha matado o seu amor, não o seu amado, mas o seu amor; vossos amados deitam-se em meu leito, como folhas secas, abandonadas aos ventos. E eu? vivo desses sonhos alheios, desses amores que nutrem minhas desesperanças.
Thais Anne Scavonne Bragança
Enviado por Thais Anne Scavonne Bragança em 25/08/2007
Reeditado em 25/08/2007
Código do texto: T623071

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Thais Anne Scavonne Bragança
Portugal, 47 anos
3 textos (139 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 08:46)
Thais Anne Scavonne Bragança