Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Poeta...

Porque?  

Você se perdeu na sua poesia?

estás misturando tudo

A tua realidade

Com a tua fantasia

 

Misturas à magia do poema controverso

Com a sua pobre vida solitária

Expõe-te em cada verso

 

Esconde-te atrás de cadaali

não vives a inspiração da poesiaaqui

A poesia é quem está vivendo de ti.

 

Sofra, pois seus desencantos...

Mas encante quem te

Pois, se assim não o fizer...

Confundirás o leitor em prantos.

 

Seus leitores são livres

Para imaginar

Mas nunca para entenderem

A sua vida.

Nem têm este direito

Pois, a vida é sua!!!

 

Escreva de todas as vidas

Mas da sua vida escreva

De forma subjetiva

Que seja objetiva somente a quem

Consegue ler com a alma.

 

Chega de confusão

Entre ficção e realidade

Isto chega a ser maldade

Neste mundo sem perdão.

 

Volte a escrever,

Na sua cadernetinha

Aquilo que diz respeito a você

E a sua vidinha...

E a quem mais puder entender.

 

Então agora me prometa poeta,

Que ficarás por bom tempo

Recluso ao seu casulo

Inerte para os seus mundos

Os quais desnudos estão a todos

 

Onde nem todos merecem saber

Aquilo que é seu

E daquela pessoa;

Que você sabe:

 

Faz jus o saber

Daquilo que em cumplicidade contigo

fez por merecer!!!!

 

                        
                                 visite meu site:
                 www.kellerbucci.prosaeverso.net

Kellinho
Enviado por Kellinho em 06/09/2007
Código do texto: T640612

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Kellinho- www.kellerbucci.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kellinho
Cássia - Minas Gerais - Brasil
187 textos (26291 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 08:18)
Kellinho