Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO VOCÊ IMAGINA A SUA ALMA?

A minha alma eu imagino como uma coberta velha de retalhos,
com muitas cores, muitas formas, desbotada
mas que ainda aquece madrugadas bem frias de solidão.
A minha alma imagino que seja assim, um pouco de tudo:
um pouco de filho,
um pouco de irmão,
um pouco de amigo,
um pouco de pai,
um pouco de inteligência,
um pouco de amor.
E também covarde,
pois ela nunca foi inteira, nunca foi suficientemente inteira
para ter uma fé inabalável ou um amor insubstituível.
A minha alma parece estar sempre em reconstrução,
mas o tempo está acabando...
Eu imagino a minha alma nem tão fria e nem tão quente,
eu daria nota cinco.
Às vezes, com muito esforço chega a sete, que êxtase;
mas muitas vezes vem a três,
pois existe um 'déficit' insustentável de bem-estar.
A minha alma
é oscilante,
é andarilha,
e cheia de planos,
quase que somente cheia de planos...

*interação de uma alma em desassossego: Violeta Reis

Pus-me a pensar, como é minha alma.
Cá entre nós,
ela deva ser em tons carmim,
vermelha-intensa.
All Xavier
Enviado por All Xavier em 13/08/2018
Reeditado em 01/09/2018
Código do texto: T6417810
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
All Xavier
Patos de Minas - Minas Gerais - Brasil
247 textos (8620 leituras)
1 áudios (27 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 01:03)
All Xavier