Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Liberdade simulada.

  Em observação à Indústria Cultural, mais especificamente a Rede Globo, é possível efetuar um análise baseada nos "mass media" de Mauro Wolf e a teoria crítica de Theodor Adorno. Observa-se uma significância de um meio de comunicação que atinge 99% da população brasileira.
  A Globo apresenta-se como um meio de comunicação de massa, um "massificador", afinal, com sua representação de poder torna-se possível a criação de uma verdade absoluta partida do ponto de vista de poucos, na teoria crítica, os grandes capitalistas e movimentadores da economia significativa.
  Fazer da população "massa de manobra" é a intenção da Indústria cultural. Possibilitar um pensamento onde o indivíduo realize o consumo a partir das suas próprias necessidades, quando na verdade, consomem aquilo que a mídia "massificadora" capitalista querem que seja consumido.
  As formas de renegação ao meio midiático são compostos pré-dispostos pelo poder. Os atos de repugnância são pré-estabelecidos, esperados e controlados a fim de simular uma liberdade camufladora da real situação de massa facilmente orientada.
  A Rede globo, desde sua ascenção, molda a sociedade a partir das necessidades governamentais e capitais, excluindo o direito de escolha individual do ser e inserindo em seu lugar o desejo que a indústria da cultura precisa que o indivíduo tenha.
Brener Teixeira
Enviado por Brener Teixeira em 11/09/2007
Reeditado em 11/09/2007
Código do texto: T647950

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Brener Teixeira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Brener Teixeira
Salvador - Bahia - Brasil
2 textos (276 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 13:24)
Brener Teixeira