Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Qual o sentido da Existência?


Qual o sentido da existencia? Qual  sentido da dor? Da angustia? da felicidade?

O sentido da existencia é algo singular, trata-se da construção de um projeto que tem como produto o próprio homem, ou melhor, o Ser.
Segundo Paulo Coelho cada pessoa tem uma missão para cumprir na Terrra chamada Lenda Pessoal, trata-se de uma caminhada em que cada pessoa vem para cumprir provações, deixar boas sementes para seus decendentes, ajudar ou propor soluções para as coisas que afligem o coração humano, tal como a fome, a doença, o desamparo. As propoções da misao individual são variadas segundo o grau de comprometimento e amadurecimento do espirito humano e sua relação com adivinade podendo atingir dimensões: micro, meso macro com objetivo de purificaçar e autoconhecer-se de modo a reconhecer em Deus sua  auto-imagem e semelhaça.

Como saber se isto é verdade ou que se está no caminho reto? Basta você sentir para onde a vida lhe conduz, de maneira que possa sentir o fluir das coisas, sem a tenativa de manipular as necessidads de outros, ou de impor o próprio desejo ao mundo. Esta tenativa de assumir o controle possui duas posições: a de o pressor ou de vítima. Em ambas as situações o individuo esta fugindo de sua liberdade, negando um atrituto fundamental da experiencia humana que é a resposabilidade pelas escolhas em  que  se faz.
 
Este é um caminho calcado na fé, portanto, só existe para quem acredita.  Segundo a visão cristã não estamos sozinhos, Jesus cristo está a frente mostrando para onde deve-se seguir, e a Grande Mãe representada pela Virgem Maria acompanha seus filhos ao lado de modo a consolá-los em momentos de angustia e aflições. O Pai dá o conforto e orientação com a lei – as Tábuas de Moisés,  a Mãe dá a firmeza atráves do consolo, da riqueza e da abunacia que a terra produz, amparando seus filhos.

A dúvida, as aflições, depressão, desanimo, crises existencais, enfermindade orgânicas, desequilibrios psíquicos são comuns na vida de todos e sinalizam em forma de sintoma um distanciameto da criatura em relação ao criador ou uma necessidade de apuração do espirito. Visto que Deus é saúde, vida, prosperidade e tudo que é empreendido em seu  nome recebe a dádiva de tudo quanto é bom, alegre e abundante. Portanto todo aquele que está conectado com o divino é abençoado,  e possui uma estrela  brilhane que lhe dá um maior sustento para resistir as tentações sucitadas pelo orgulho e a vaidade.

Jesus Cristo ensinou atitudes e comportamentos que podemos incorporar no repertório que cada um de nós possui para enfretamos o dia a dia e expessar a personaliadade:

1:O pensamento elevado a imagem de Criso e Nossa Senhora nos transportam atráves da conciencia à uma contigencia de religação, conforto e proteção.

2:A convicção de que tudo que acontece, independente de ser bom ou mal, segundo a concepção humana é fruto da misericórdia divina e nada acontece  a não ser pela sua suprema vontade que  possui um próposito mais amplo que a mente humana é capaz de compreender.

3:A aceitação da vida como dadiva.

É importante ressaltar que estamos unidos a iguais: familiares, amigos, companheiros dividindo o mesmo campo de batalha na mesma luta,portanto,  muito me agrada a palavra exército que remete ao batalhão formados por guerreiros, ou seja, espiritos humanos que encontram e vivem sua lenda pessoal sendo que não se trata de uma luta entre o bem e o mal e sim um conflito do proprio desejo humano.


Djalma Pereira Guedes Segundo
Enviado por Djalma Pereira Guedes Segundo em 17/09/2007
Código do texto: T657005
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Pereira Guedes Segundo
São Luís - Maranhão - Brasil, 34 anos
10 textos (15415 leituras)
2 áudios (26 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 06:51)
Djalma Pereira Guedes Segundo