Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Verdade é um valor absoluto?

Dizer sempre a plena verdade sempre e sempre... É uma virtude?
Para que  reconheçamos uma virtude é preciso que haja a ausência plena da erronia que lhe é oposta?
Sempre?
A Ética se dobra a uma tabuada com rigores aritméticos?

Creio que não...

A ausência de luz nem sempre são trevas, tanto quanto a presença da luz nem sempre equivale à iluminação de quem se ilumina...

Se a possibilidade de sobrevida de uma criança é nula, alguém consideraria virtuosa a conduta de arrebar-lhe qualquer esperança noticiando que a morte virá em breve tempo?

Mas não busquemos exemplo tão radical. Vejamos algo comezinho.

Se uma garota se mostra sorridente e feliz com seu novo corte de cabelos, vibrando de alegria, e lhe pergunta o que acha, seria mesmo virtuoso disparar-lhe algo como "nossa! achei um horror!", ainda que seja esse o seu pensamento?

Não creio que o rigor matemático deva ser empregado para elucidar equações do comportamento humano.

Há uma zona híbrida, tal como o pôr do sol em que não é dia nem noite... Não há propriamente Luz nem Trevas... Sintomático que é nesse período que o homem moderno aprendeu a ver o seu "happy hour"...

Enfim...
Marco Aurélio Leite da Silva
Enviado por Marco Aurélio Leite da Silva em 25/09/2007
Código do texto: T667722
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Aurélio Leite da Silva
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
106 textos (51425 leituras)
1 áudios (38 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 02:51)
Marco Aurélio Leite da Silva