Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O nascimento do pai

É sobre a construção do sentimento paterno, de como as nossas experiências positivas são transformadoras, é sobre a importância do exemplo, é sobre ter um Pai de verdade, sentir orgulho e insistir nos seus ensinamentos, é sobre abraçar a sua responsabilidade e ainda que doa muito, não desistir e nem abandonar.

Quando cheguei por aqui o trabalho já havia iniciado, sou a filha de número quatro e os três primeiros deram vida a um modelo muito especial de Pai, quando cheguei as suas dúvidas, seus erros e acertos não deixaram de existir, porém, ele já sabia o quanto seria importante em nossas vidas, seu sorriso, sua companhia, seus ensinamentos, o gosto pela música, a bagunça na cozinha para construir um prato especial, o interesse por esportes, ainda que limitado ao rádio e a tv, as idas ao parque para gastar toda a nossa energia enquanto dizia nos observar da rede estendida entre os eucaliptos, dos livros didáticos comprados com esforço ainda em dezembro, para quando as aulas começarem não ficarmos sem o necessário para um bom aprendizado, dos sonhos ilimitados e a fantasia de que o presente de Natal era mágico, e de fato sempre foram.

Hoje quando penso o quanto meu pai foi intenso e gigante entendo que era necessário viver muita coisa em muito pouco tempo, foi com ele que aprendi sonhar e transformar em realidade; a sua essência está presente em nossas vidas, nos sonhos que suas netas agora transformam em objetivos, na música, na gastronomia, na comunicação, na alegria de viver, enquanto ensinam seu Pai, que nasceu com o choro num primeiro de abril inesquecível, acreditou que dominava a situação e num 3 de outubro se desmanchou com a chegada da segunda filha, e aos poucos deu-se conta que não mais era o dono do seu tempo e dos seus planos, é agora uma espécie de coadjuvante, num filme de suspense e aventura, as vezes é chofer, conselheiro, segurança e o mais importante, é presente.

Não leu cartilha de bom pai, mas desenvolveu metodologia própria, tenho consciência que o fato de amar meu pai e deixar claro o orgulho que sempre tive por ele o amedrontava diante da tarefa de se inventar, e tem funcionado, nossas filhas precisam estar em primeiro plano. 

Dizem que seus cabelos brancos seriam de preocupação, mas nós sabemos que é puro charme, combina perfeitamente com seu jeito de ser assim um Paizão.

É sobre o sentimento da paternidade, sobre a construção de um ser humano que é responsável pela construção de outros, é sobre como cada um aprende a superar os seus próprios medos e incertezas, é sobre a importância de ser pai, com todo o respeito e responsabilidade que a missão exige.
Renata Rimet
Enviado por Renata Rimet em 11/08/2019
Código do texto: T6717565
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Renata Rimet
Salvador - Bahia - Brasil, 49 anos
459 textos (25787 leituras)
9 áudios (1044 audições)
9 e-livros (1960 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 00:42)
Renata Rimet

Site do Escritor