Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

correntes do cotidiano

      A fadiga da rotina escravizado metade do dia
      Quem é que te paga pra aguentar tudo isso?
      Quem compra sua alma por um salario minimo?
      De segunda à segunda o trabalho sagrado,o percurso,a fumaça
      O barulho lotado do onibus que espera no ponto;final de chegada
      A cachaça no bar que ameniza a raiva da volta pro teto furado e
     goteja,a televisão acaba com o tempo que falta.Ou será que ainda
     resta?
     
o verme
Enviado por o verme em 28/09/2007
Código do texto: T672808

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (o verme). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
o verme
São Paulo - São Paulo - Brasil
11 textos (355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 19:34)