Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORAR?

   
ESGOTO A CEU ABERTO O CHEIRO É INSUPORTAVEL E AS DOENÇAS SE PROLIFERAM; DISPUTANDO LADO A LADO COM AS PESSOAS QUE HABITAM OS RATOS E BARATAS OS RESTOS DE COMIDA.
NA CONDIÇÃO MINIMA E NO EXTREMO DA MISERIA É ONDE MUITOS VIVEM SUAS VIDAS SEMPRE À ESPERAR A PROVIDENCIA DIVINA.
DE CIMA DO SEU PRÉDIO VOÇÊ ASSISTE TUDO.TALVEZ UM INDIGNADO MAIS ESQUECE NUM MINUTO QUANDO A PORTA DO CONDOMINIO SE FECHA VOÇÊ DA AS COSTAS PRO RESTO DO MUNDO.

O SEU LIXO SERVE DE ALIMENTO ENQUANTO A VIOLENCIA PRA VOÇÊ
É UM TORMENTO,A INDIFERENÇA QUE VOÇÊ PROMOVE,O INDIVIDUALISMO VIVENDO NA UTOPIA DE ACREDITAR SOMENTE NO SEU MUNDO,SUJO,HIPOCRITA,MEDIOCRE.

E AINDA FICA FICA SURPRESO QUANDO EM ALGUM CRUZAMENTO LEVA UM TIRO SEM SENTIDO, QUE POR MAIS COVARDE QUE SEJA É SOMENTE O MAR CUSPINDO DE VOLTA O LIXO QUE VOÇÊ JOGOU:

        "  O DESPREZO  "

   
 
   
   
o verme
Enviado por o verme em 04/10/2007
Código do texto: T679650

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (o verme). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
o verme
São Paulo - São Paulo - Brasil
11 textos (355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 14:39)