Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para você que eu não amo mas espero desesperadamente!

A verdade é que eu passei a semana inteira pensando em você. Acho que tenho que te pedir desculpas pelo coração torto e pela minha falta de jeito mas, sabe  qual é o problema? É que eu sempre perco o jeito quando o assunto é você.Eu fico muda e minha palavras ficam sem poesia toda vez que você não está por perto.Saudades do seu abraço, do seu cheiro delicioso que você tem no lugar perfeito, exatamente entre o pescoço e o primeiro ossinho do ombro. Saudades daquele jeito que só você tem de ficar me olhando mudo.LINDO.... LINDO VOCÊ! E eu te ensinei a gostar de Clarice e você me ensinou a gostar de futebol e ficamos nós dois nesse empate emocional delicioso...
 Coração. A única coisa que  eu preciso agora é do seu jeito de conversar comigo fazendo pose. Fazendo manha. Fazendo caras e bocas e me encarando quando eu falo. E me entendendo quando eu me calo e só meus olhos dizem algo p/ você. E vc  entendi. To aqui, coração no colo e torcendo para que o RIO de JANEIRO  te mande de volta para mim porque, eu preciso olha para você, eu preciso ter mais uma chance de pedir desculpas enquanto a vida ainda está aqui. Eu preciso tentar entender você com esse seu jeito antes que alguém  te roube de mim. Tomara que ninguém te roube de mim. Eu não suportaria. Lembra daquela mensagem que te mandei dizendo exatamente essa frase” mas como vc me dói de vez enquanto...” nessa hora, você realmente me doeria p/ sempre!
 Os:. Hoje eu to com o estado emocional a flor da pele. Peço a Deus que proteja me amor lá no Rio de Janeiro e que ele volte logo para o nosso ESTADO... emocional!!!!
Bjus p/ todos!
Sidneya Maximiano
Enviado por Sidneya Maximiano em 04/10/2007
Código do texto: T679936

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Creditos validos a Sidneya Maximiano). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sidneya Maximiano
Ouro Preto - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
6 textos (274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 03:57)
Sidneya Maximiano