Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SURFANDO NAS ONDAS DA IMAGINAÇÃO

*Nessa onda sinuosa em que mergulhei em busca do tesouro cobiçado,

Não sei se penso para parar, ou paro para pensar de antemão,
Penso, logo existo, penso mesmo em tudo para me satisfazer,
O imenso volume que passa todo dia no canal da imaginação,
Ele se antecipa a tudo, a qualquer coisa que se tenha a fazer.

O pensamento essa ferramenta maravilhosa de que disponho,
Com ele construo as minhas ideias e formo os meus conceitos,
Viajo pelo mundo todo guardo as recordações e também sonho,
E a cada dia adquiro mais conhecimentos, mas também defeitos.

Não sei quem sou, regresso só um pouco nos meus antepassados,
Livre das metáforas, pergunto como de fato surgiu o primeiro homem?
Procuro compreender as conclusões daqueles sábios os mais ilustrados,
Mas percebo que também estão com todas as dúvidas que os consomem.

Não sei o que estou fazendo aqui pergunto aos outros eles dão boas risadas,
Será que a minha função é comer. beber, reproduzir, divertir e só trabalhar?
Ou será que existem os fundamentos que escapam de ideias avançadas,
E o preconceito, o descaso, sobretudo descrença não deixam alcançar?

Não sei de onde eu vim, nem mesmo como foi a longa caminhada,
Perdi o paraíso onde vive toda variedade das criaturas irracionais,
Ganhei o poderoso intelecto, e com ele a fase mais atormentada,
Onde homens se odeiam, e se tornam os mais ferozes animais.

Não sei para onde irei, nem sei se existe morte, após esta vida,
Transformado já pela segunda vez e diluído no meio das trevas,
Ou se corporificado na maior resplandecência da Luz tão querida,
No reino de Luz do meu Senhor Jesus Cristo, para onde me levas.

*Achei o texto “De Onde Você Veio <-- --> Para Onde Você Vai”, plantado.
Edgar Alexandroni
Enviado por Edgar Alexandroni em 07/12/2019
Reeditado em 08/12/2019
Código do texto: T6813288
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Sobre o autor
Edgar Alexandroni
Santo André - São Paulo - Brasil, 80 anos
221 textos (11863 leituras)
1 e-livros (214 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/01/20 05:37)