Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os sentidos do silêncio

“Dentre todas as manifestações humanas, o silêncio continua sendo a que, de maneira muito pura, melhor exprime a estrutura densa e compacta, sem ruído nem palavras, de nosso inconsciente próprio”  (J.-D. Nasio).

“O analista não tem medo do silêncio [...]; ele não escuta somente o que está nas palavras, escuta também o que as palavras não dizem. Escuta com a ‘terceira orelha’”... (T. Reik).

“Deus nos deu uma boca e dois ouvidos para que possamos menos falar e mais ouvir” (Ditado popular).

“Manter a boca fechada e os olhos bem abertos” (Ditado italiano).

“No silêncio cauteloso é que a prudência se refugia” (Baltazar Gracian).

“Fale pouco, mas nunca pareça mudo e embaraçado...” (Antiga etiqueta social).

“Aquilo que não se pode falar, deve-se calar” (Wittgenstein).

“Diante de tanta ignorância respondo com meu silêncio” (Rui Barbosa).

Mas...

“O dever do intelectual é romper o silêncio, ainda que sua voz seja abafada pelos poderosos e seus cúmplices de plantão” (Antônio Ozaí).

“O grande cúmplice da tirania é o silêncio; não atacar o despotismo é a maneira mais covarde de servi-lo; não denunciá-lo é auxiliá-lo; estar próximo dele sem feri-lo é a maneira mais vil de protegê-lo; e proteger o crime é mil vezes pior que cometê-lo; eis aí a hora em que a palavra é um dever e o silêncio é um crime” (Ezio Flavio Bazzo).

Conclusão: ainda que em muitas ocasiões o silêncio seja um bem, quando ele significa "lavar as mãos" e posição de cumplicidade, então ele se transforma em mal. Aí, o que não se pode silenciar, deve-se falar, em alto e bom som.
Wilson Correia
Enviado por Wilson Correia em 23/10/2007
Reeditado em 23/10/2007
Código do texto: T705916

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilson Correia
Amargosa - Bahia - Brasil
1192 textos (550197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 18:55)
Wilson Correia