Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arvore e vida

Um belo dia fui contemplado a desvendar os mistérios de uma arvore muito frutífera, mas que há muito tempo seus frutos caiam sem amadorecer, aos poucos fui tentando entender o que ocorrera com aquela linda planta sem atrapalhar seu dia-a-dia. Ela não é do nordeste, entretanto a falta de chuva na sua alma quase a matou várias vezes, mas a vida corre solta nas entranhas que lhe fornece ar e água sem deixar suas forças irem embora por total.

Surgi como um pingo de reflexo das nuvens semeando aquela criatura sem pedir nada em troca, foram vários entrelances de palavras e num determinado momento tentei retirar um pouco do vento do local para que o calor penetrasse seus galhos e ela percebesse a vida que sempre esteve dentro dela. Foi muito bom, sobretudo descasquei demais a casca que se soltara do seu caule e como há tempos esta arvore não sentia o calor por baixo da casca, ficou ressentida com o momento.

Só que a natureza é sábia, expôs uma reação involuntária que no intimo foi realmente uma dose de delírio das nuvens enchendo todo reservatório de esperança na doce videira orquestrada pelo sentimento desocupado, pois ficou a dormir muito sem sobressair os devaneios da serenidade. Não sei se o fruto é doce, no entanto provar o amido que adoça momentos e sentimentos em solenidades da essência faz de mim o cultivador das emoções nobres e vasculhadas pela vida.

ZUKER
Enviado por ZUKER em 03/11/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T721599

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ZUKER
Fortaleza - Ceará - Brasil, 40 anos
503 textos (16137 leituras)
4 e-livros (79 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 09:19)