Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A arvore, a flor e as galhas.

A semente não foi plantada,
Mas brotou.
Meu olhar, um tanto absorto,
Fitou-a e fixou.

O coração fez-se um buquê
De alegria e prazer.
O cotidiano já não se repetia,
Havia sempre muito por fazer.

Ao dormir flutuava em sonhos e planos,
Acordava... Preenchia todos os vazios,
Pensamentos comuns,
Sempre “calientes”, outrora frios.

A cada re-encontro,
Uma nova avalanche de prazer.
Cada toque, cada gesto...
Um bem querer!

Uma aventura levou-a ao passado,
Nossa arvore ficou abandonada.
Folhas e flores caíram, galhas foram expostas.
O desastre ocorreu - medida errada!
Sonho de Amor
Enviado por Sonho de Amor em 05/11/2007
Código do texto: T724451
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sonho de Amor
Maceió - Alagoas - Brasil, 58 anos
24 textos (1478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 05:19)
Sonho de Amor