Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ninguém gosta...

Ninguém gosta...
De se sentir adoecer,
E saber que vai morrer.
Da liberdade perder,
E depois estar a sofrer.
Da sensação de envelhecer,
E de ver um amigo a morrer.
De estar vivo sem viver,
Por viver sem nada ter.
De lutar e não vencer,
Mas ser obrigado a fazer.
De querer e não poder,
Por abusos de poder.
De olhar sem nada ver,
E da verdade não saber.
De ter sede e água não ter,
E ter fome e não comer.
De todo o dinheiro perder,
Por trabalhar sem receber.
De viver a vida a correr,
E as lembranças esquecer.
De ser o último a saber,
E da verdade não perceber.
De não saber como proceder,
Por não ter direito a escolher.
De estar sempre a perder,
E ver a miséria a crescer.
De não conseguir adormecer,
E estar ao frio a tremer.
De vomitar por beber,
Por a bebedeira acontecer.
De ser amado sem saber,
E de não saber escolher.
De pisar merda sem se aperceber,
Quando todos estão a ver.
De não saber ler nem escrever,
E uma má notícia receber.
De assistir á corrupção no poder,
E da justiça não prevalecer.
De ver o ódio a crescer,
E o amor a encolher.
De ter sexo sem prazer,
E ainda pagar para o ter.
De ter um gelado a derreter,
E não o poder lamber.
De ter direito a ter,
E esse direito perder.
De tomar banho com água a ferver,
Até as unhas cozer.
De um hálito a feder,
Por ter dentes a apodrecer.
E de muitas outras coisas,
que ainda estão para se saber,
quando vão acontecer.

zeninumi      13/11/2007
zeninumi
Enviado por zeninumi em 13/11/2007
Código do texto: T735128

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
zeninumi
Portugal, 58 anos
21 textos (606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 01:09)
zeninumi