Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAZIA...

É o quase nada...
O que aos poucos se apaga,
ausência de odores,
sons,
cores...
Morrer deve ser assim,
um tal de nada sentir,
um tal de deixar ir,
uma nojenta paz sem fim...
Silvana Cervantes
 
Silvana Cervantes
Enviado por Silvana Cervantes em 18/11/2007
Código do texto: T742147
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvana Cervantes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
404 textos (36725 leituras)
5 áudios (2203 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:55)
Silvana Cervantes